in

Nova polêmica envolvendo o Uber gera desabafo de passageiro

Reprodução/Twitter/Veja SP

Desde que o aplicativo foi lançado, cada vez mais pessoas optam por fazer viagens com Uber. Ao redor do mundo já existe milhares de profissionais autônomos que trabalham com seu carro para levar os passageiros até o destino desejado. Com isso, o número de relatos positivos e negativos sobre serviço só aumentam.

Como pioneira no serviço de táxi via aplicativo, a empresa Uber teve que aprender e fazer melhorias com base em avaliações e feedbacks que passageiros e motoristas enviam. Um dos problemas que surgiram com o tempo foi a organização de roubo a motoristas, em alguns lugares os próprios condutores dão golpes em passageiros com falso vomito para que seja pago a taxa de limpeza. Ao receber esses tipos de relatos, a empresa tenta corrigir a falha, no entanto, a cada dia sempre há novas ocorrências que os preocupam.

Recentemente um homem chamado Surya Oruganti resolveu agendar uma viagem que o levaria do aeroporto internacional de Bengaluru, na Índia, até sua casa. Ao localizar o carro que o transportaria, ele notou algo diferente com o motorista selecionado pelo aplicativo, a pessoa atrás dos volantes não coincidia com a foto e nome apontado em seu celular. Por estar cansado e notar que o modelo e placa do carro eram os mesmos informados o homem decidiu arriscar a viagem.

Pouco tempo depois da saída do aeroporto, Surya percebeu que a viagem não seria nada agradável, isso porque o motorista mostrou sinais de que estava embriagado e sonolento. Levando em conta a falta de profissionalismo e que sua viagem estava em perigo, o passageiro exigiu que o motorista trocasse de lugar com ele e conduziu a viagem até sua própria casa.

Depois de estar em segurança, Surya resolveu desabafar o que tinha acontecido através de seu perfil no Twitter, dizendo que a viagem que ele contratou não ocorreu como ele esperava, contou que o motorista estava bêbado, sonolento e que precisou dirigir até chegar a sua casa. E terminou comentando que o Uber precisa corrigir isso.

Após publicar seu desabafo na rede social, o passageiro também resolveu enviar um vídeo que mostra o motorista tão embriagado ao ponto de não perceber que estava sendo filmado, além de escrever que o homem não era o mesmo informado pelo Uber. Em pouco tempo a história repercutiu o mundo e logo após a empresa do aplicativo entrou em contato com Surya, informando que ele não deveria ter dirigido o carro por questão de segurança e que o motorista seria disciplinado ou em caso de reincidência, a parceria com o motorista seria encerrada.

Em comunicado oficial ao The News Minute, a empresa expressou que essa ocorrência foi um acidente lamentável e preocupante e que todas as providências para garantir que os motoristas atrás do volante sejam o mesmo apontado pelo aplicativo já foram tomadas. Após a ciência do ocorrido o perfil do condutor foi removido e a questão está sendo apurada, estando à disposição para atender as autoridades e o passageiro envolvido. 

Leia Também

Next post

Famoso participante de reality é acusado de abuso; namorada ajudava a cometer os atos

A Fazenda 2018: RecordTV é acusada de manipulação e corta até barraco