Babi Rossi fala sobre assédio e perguntas que homens faziam: ‘quanto é o programa?’

A ex-panicat Babi Rossi foi entrevistada por Daniela Albuquerque do programa "Sensacional", da RedeTV, e falou sobre assédio.

A ex-panicat Babi Rossi, de 28 anos, está fora do ar desde que deixou o programa "Pânico" e, atualmente, se dedica ao curso de Medicina Veterinária e está no segundo semestre.

Nesta quinta-feira (13), ela foi entrevistada por Daniela Albuquerque no "Sensacional", exibido pela RedeTV. Babi Rossi desabafou sobre as situações de assédio que já viveu em sua carreira e que o pai testemunhou alguns desses casos.

"Meu pai é meu empresário e quantas vezes ele já recebeu e-mails de homens falando assim: 'ah, quanto que é o programa?', entendeu? Então para o seu pai ouvir uma coisa dessas é frustrante, é chato", disse Babi, contando de homens que questionavam quando ela cobrava por uma noite de amor.

Babi e outras panicats sempre sofreram com o julgamento de homens e mulheres. "As pessoas não te conhecem, então já te julgam. Só porque você está trabalhando de biquíni quer dizer que você não é uma mulher de valores? Isso me magoa bastante", afirmou Babi, que fica triste por conta do assédio baseado em sua trajetória profissional.

Em entrevista ao UOL, em maio, Babi explicou porque largou a televisão. "Eu só ouvia que panicat nunca iria estar na Globo, que ator de teatro não é valorizado se não for global. Vejo tantas meninas que nunca nem estudaram, que nem sabiam o que era dramaturgia e estão na TV", disse ela.

"Eu adorava, super me dedicava, mas desisti porque percebi que não tinha valor nenhum", desabafou Babi Rossi. Ela deixou a TV em 2013, ao sair do “Pânico", que já estava na band, e não retornou mais.

Leia Também