in

Assassinato, suicídio, atentado: 5 momentos da política brasileira que mais parecem ficção

A política brasileira daria um ótimo filme ou série investigativa. Muitos foram os episódios que mais lembraram os épicos do cinema. A seguir, separamos 5 momentos da política brasileira que mais parecem ficção.

1 – Bolsonaro leva facada faltando um mês para eleições

O candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro, levou uma facada durante um ato de campanha em Juiz de Fora(MG), na tarde desta quinta-feira (6). Ele era carregado nos ombros por apoiadores quando um homem se aproximou e o feriu na barriga.

2 – Suicídio de Getúlio Vargas

Um dos mais famosos políticos brasileiros se matou. O suicídio de Getúlio Vargas tem uma importância prática na História, ela atrasa em 10 anos o golpe militar.

3 – O suposto assassinato do ex-presidente Kubitschek 

O ex-presidente do país Juscelino Kubitschek de Oliveira, que governou o Brasil de 1956 a 1961, foi vítima de "conspiração, complô e atentado político" que resultaram em sua morte em 22 de agosto de 1976, período da ditadura militar.

Foi isso que declarou hoje a Comissão da Verdade Vladimir Herzog, instaurada pela Câmara Municipal de São Paulo para investigar os crimes cometidos no período em São Paulo, com base em noventa pontos levantados pela apuração. O fato pode ser conferido em uma matéria de 2013 do site do jornal EL PAÍS. 

4 – Cai o avião de Eduardo Campos

Para quem acha a eleição atual bem imprevisível, lembra-se também do que houve em 2014. O avião com o ex-candidato à presidência, Eduardo Campos, caiu. Quando se preparava para pouso, o piloto arremeteu o avião devido à falta de visibilidade provocada pelo mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave.

5 – O presidente que nunca assumiu, Tancredo Neves

Primeiro presidente eleito democraticamente, Tancredo Neves nunca chegou a assumir o cargo. Depois de 39 dias de agonia, em 21 de abril, Tancredo Neves morreu no Instituto do Coração, vítima de infecção generalizada. O comunicado oficial do seu falecimento foi feito às 22h30, por Antônio Britto.

Leia Também

Carro capota com noivos após ‘sim’ na igreja e final da história surpreende

Mulher vai ao banheiro no 2º andar de restaurante, chão se abre e ela despenca lá de cima