in

Labradora salva homem de cumprir uma pena de 50 anos de prisão nos EUA

Lucy é uma cadela preta da raça labrador e curiosamente deu solução a um caso de justiça que condenou um homem a 50 anos de prisão em Oregon (EUA). Joshua Horner é encanador e no ano passado foi condenado a prisão para cumprir uma pena de 50 anos, pela acusação de ter abusado sexualmente de uma menor, segundo informações da AP.

Durante o julgamento de Joshua, a autora das acusações afirmou que o acusado tinha ameaçado matar seus animais de estimação se ela desse parte dele na polícia. Ela ainda afirmou que viu Joshua matar com vários tiros sua cadela, com a intenção de intimidá-la.

Após seis meses, o Horner foi condenado através de veredito não unânime, foi então que pediu ajuda ao Oregon Innocence Project e o grupo aceitou tentar prova sua inocência.

Segundo Horner, ele não havia atirado na cadela, por isso, encontrar o bichinho seria a prova de que a menina estaria mentindo sob juramento. Uma voluntária do projeto assumiu a missão de procurar por Lucy, o animal teria sido doado.

Lucy foi encontrada na cidade de Gearhart, em Portland, o animal era inconfundível por se tratar de uma labradora de raça não pura, possuindo cabeça inconfundível e orelhas bem longas, logo os voluntários a reconheceram.

O promotor afirmou que não há certezas de que o acusado não tenha atacado sexualmente a menor, mas depois das evidencias ficou difícil afirmar que ele fez. Então, o juiz deu o caso como anulado e Joshua agradeceu ao projeto em nome de toda a sua família. O promotor ainda disse que apesar de os Estados Unidos terem o melhor sistema prisional do mundo, um caso como este revela que até no melhor podem haver falhas.

Leia Também

Após ordem de Silvio Santos, Léo Dias se submeterá a tratamento que pode matar

ROUBADO?! Detalhe que ninguém percebeu no gol anulado do Palmeiras