in

Jair Bolsonaro atinge marca de 44 milhões de votos, aponta nova pesquisa

Publicidade

A nova pesquisa FSB/BTG Pactual, divulgada na segunda-feira (11), mostra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) na liderança da corrida presencial, com 30% dos votos – 4% a mais do que no levantamento anterior.

A amostragem foi realizada entre os dias 8 e 9 de setembro. O número de registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é BR-01522/2018. Foram ouvidos 2.000 eleitores e a margem de erro é dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Considerando o número de eleitores do Brasil, que é de 147,3 milhões, de acorde com o TSE, Bolsonaro teria bem mais votos do que Dilma Roussef (PT) conseguiu alcançar no primeiro turno das eleições de 2014.

Publicidade

Trinta porcento de 147,3 milhões representam 44,19 milhões de eleitores. Esse é o número de pessoas que, segundo a pesquisa FSB/BTG Pactual devem votar em Bolsonaro, Em 2014, Dilma Roussef recebeu 43,2 milhões de votos no primeiro turno e alcançou a primeira posição na disputa.

Pesquisa

Bolsonaro aparece muito à frente dos concorrentes. O segundo colocado no levantamento é Ciro Gomes (PDT), que soma 12%. Logo atrás, vem um pelotão com três concorrentes. Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT) aparecem com 8%.

Dos três, Haddad saltou de 6% para 8% da última para esta pesquisa, dentro da margem de erro. Alckmin manteve os 8%. Já Marina caiu de 11% para 8%. Há duas semanas, o levantamento FSB/BTG Pactual mostrava a candidata da Rede com 15%.

João Amôedo (Novo) oscilou para baixo e caiu de 4% para 3%. Alvaro Dias (Podemos) permanece com 3%. A pesquisa revela ainda que 13% dos eleitores não votarão em ninguém; 3% votarão em branco ou nulo; e 8% não sabe ou não responderam.