in

Conheça a história de 5 gatos que foram considerados criminosos

Publicidade

Com toda certeza na vida você já ouviu alguém jogando a culpa de algo que aconteceu no gato, no cachorro ou em outros animais. O que ninguém imagina é que isso as vezes pode ser verdade.

Confira algumas histórias bizarras desses bichinhos que parecem ser inofensivos diante de nossos olhos, mas que no final das contas, foram transformados em criaturas perigosas por seus donos. 

1- Eletrocutando o dono 

  

O caso aconteceu em 2013. Brett Nash de 46 anos foi preso depois que sua mulher entregou gravações de umas conversas entre o casal para a polícia. O rapaz queria que sua esposa participasse com ele de uma série de crimes. Nas gravações o homem tentava convencer sua parceira a raptar um advogado e fazê-lo roubar um banco. Logo depois o trancariam no banheiro dentro de uma banheira para matá-lo eletrocutado. Para não levantar suspeitas colocariam um gato junto para que parecesse um acidente. Graças a Deus o plano do rapaz foi por água abaixo. 

Publicidade

2- Envolvimento com pornografia infantil 

Keith Griffin foi preso na Flórida após baixar várias imagens com conteúdo infantil, que foram encontradas pela polícia em seu computador. Ao todo, foram mais de mil imagens baixadas. Em depoimento, o rapaz alegou que a culpa era de seu gato, pois quando chegava do trabalho, o encontrava com as patas em seu teclado e não tinha ideia de que imagens estavam sendo baixadas. 

3- Gato no comando 

  

James Anthony Shroyer foi preso após roubar um carro. Durante seu depoimento, o rapaz alegou que foi tudo planejado por um gato, no qual ele vinha sendo vítima de ameaças. Como punição, o ladrão acabou pegando dois anos e meio de prisão e teve que se submeter a uma avaliação psicológica. 

4- Cúmplice de Assassinato 

 

No ano de 2012 um homem foi encontrado morto em uma praia do Reino Unido, seu nome era David Guy. O mais curioso é que em seu corpo não havia nenhum DNA humano, somente pelos de gato. A polícia, então, rastreou os pelos e chegou até o dono do animal, que confessou o crime. Os pelos de gato encontrado no corpo eram mesmo do animal que ficou assistindo a cena enquanto seu cuidador David Hilder cometia o crime. 

5- Ataque a policial 

Em 1922, um gatinho muito danado invadiu um açougue e não queria mais sair, isso porque o animal acreditava ser dono das carnes que estavam no local. Quando os clientes chegavam, o bichano os espantava para que eles não pegassem a carne que imaginava ser sua, por algum tempo foi divertido, porém, o que era engraçado virou um problema. O dono resolveu chamar um policial para resolver o problema. Ao chegar no local, o agente tentou segurar o bicho, que o mordeu. Logo em seguida ele sacou sua arma e atirou. Até hoje o caso nunca foi julgado como deveria ser.