in

Despedida de solteiro sem limites vira ‘funeral’ e fotos surpreendem

Publicidade

Todo mundo já deve ter ouvido alguma história surpreendente de despedidas de solteira, como uma que aconteceu em 2014, em que a mulher ficou grávida de um anão em sua despedida. Outras, porém, tem um final mais feliz e um resultado hilário.

Foi o que aconteceu na despedida de solteira de Lizzy Hart, na cidade de Orlando, estado da Flórida, nos Estados Unidos. A despedida foi tão diferente que se tornou um "funeral".

Conhecida como um momento de celebração da vida, a despedida de solteira de Lizzy comemorou a "morte". Ninguém morreu, mas afesta se transformou em um "funeral". O enterro, na verdade, foi da solteirice de Lizzy.

Publicidade

A organizadora criativa da festa foi a melhor amiga de Lizzy, Kristi Hamby. Todas as convidadas foram vestidas a caráter, com roupas e véus pretos. Maquiagem fúnebre também foi utilizada para tornar o momento mais real.

A noiva foi levada para a festa em um carro funerário. Em entrevista ao site Unilad, ela afirmou que essa foi a parte mais difícil. "Levei meses para achar um carro que transportasse uma pessoa viva", comentou Lizzy.

Em toda a festa, a única coisa que remetia à tradicional despedida de solteiro eram os dançarinos sarados. Eles, porém, utilizaram máscaras de filmes de terror. A festa diferente virou notícia.

Segundo a melhor amiga de Lizzy, ela adorou a despedida de solteiro no estilo funeral. A solteirice de Lizzy está definitivamente velada e sepultada. A reportagem do site Unilad não informou a data do casamento da norte-americana nem o que seu noivo achou.