in

Mr Catra, em vida, revelou: ‘Não posso deixar tantos filhos órfãos’

Publicidade

A tarde de domingo (9) terminou com a notícia da morte de Mr Catra, que lutava contra um câncer. Ele estava internado no Hospital do Coração, em São Paulo, e seu falecimento foi anunciado pela equipe médica que cuidava do cantor. Alguns de seus filhos também usaram a internet para confirmar a morte do pai.

No início do tratamento, em novembro de 2017, ele revelou em entrevista coletiva o medo de morrer e deixar seus filhos: “Não posso deixar tantos filhos órfãos”. A descoberta do tumor foi bem cedo e logo o funkeiro iniciou os tratamentos.

Catra tinha três mulheres e 4 netos e possuía uma grande dependência de cigarro e bebidas alcoólicas antes de descobrir o câncer no estômago. Durante esse tempo, teve que abandonar os vícios e mudar seus hábitos alimentares.

Publicidade

Muitos famosos, fãs e admiradores estão usando as redes sociais para comentar e homenagear um dos principais nomes do funk nos últimos tempos. Em sua carreira, Catra fez sucesso com músicas como “Soltinha”, “Vacilão” e “Bolo Doido”, além de músicas com sentido ao sexo. Também fez muitas participações em programas da Globo.

Na sexta-feira (7), o funkeiro participaria do lançamento do clipe Modo Avião, que gravou em parceria com o rapper Misael, porém, precisou ser hospitalizado e o evento acabou sendo adiado também.

A assessoria informou que a prioridade no momento era sua saúde. Mais cedo, neste domingo, em conversa com o UOL, disse que o cantor estava reagindo bem ao tratamento. “Ele está focado no tratamento para agilizar sua cura. Estamos fazendo uma agenda para que ele não se desgaste tanto. Ele está respondendo bem ao tratamento”, porém o cantor acabou não resistindo.