in

Avião cai no Sudão do Sul matando 18 pessoas

Publicidade

Dezoito pessoas morreram em uma queda de um avião modelo Baby Air no Sudão do Sul neste domingo (9). O avião comercial, que partiu do aeroporto internacional de Juba, estava rumo à cidade de Yrol, localizada na parte central do país da África Oriental.

No momento da aterrisagem, a aeronave ultrapassou a pista e caiu em um rio. Ainda não há confirmação exata do número de passageiros e tripulantes. As autoridades não divulgaram a naturalidade dos mortos. Uma investigação foi aberta para colher mais detalhes sobre o acidente

A agência de notícias Associated Press informou que há três sobreviventes, que seriam uma criança de 6 anos, um adulto e um médico italiano que presta serviços para uma organização não governamental da região.

Publicidade

O médico está em estado crítico e foi submetido a uma cirurgia no Hospital de Yrol. A agência destacou também que, entre os mortos, estão pelo menos três crianças. 

O ministro de Informação do Estado, Taban Abel, informou que o avião caiu por “falta de visibilidade”. Ele divulgou também que a aeronave de pequeno porte foi fretada por uma empresa local.

O Sudão do Sul é um país devastado pela guerra e, nos últimos anos, enfrenta problemas aéreos envolvendo o mau tempo na região. Em 2015 cerca de 36 pessoas morreram após a queda de um avião cargueiro russo, que tinha decolado do aeroporto de Juba. No ano passado, quatro pessoas ficaram feridas após um avião em aterrissagem colidir com um caminhão do corpo de bombeiros. Novas informações devem ser divulgadas ao decorrer do dia.