in

Após ataque a Bolsonaro, representante do MDB é assassinado no Nordeste: ‘Várias perfurações’

Publicidade

A política vive momentos complicados. Nessa semana, o deputado federal Jair Bolsonaro foi vítima de um atentado. Agora, outro político foi encontrado morto. É o que mostra o G1, como mostramos a seguir. O vereador por Maceió Silvânio Barbosa (MDB) foi encontrado morto dentro do apartamento em que morava no bairro do Benedito Bentes, parte alta da capital, neste sábado (8). A informação foi confirmada pela assessoria da Câmara de Vereadores.

Vereador é achado morto na cama e sem roupa

O caso é tratado pela Polícia Militar como assassinato, já que o corpo tinha marcas de perfurações. Ele foi encontrado nu na cama, com um travesseiro na cabeça. O apartamento, localizado no Residencial Central Park, está revirado e com manchas de sangue.

Ainda não há informações sobre quem pode ter cometido o crime ou a motivação.

Publicidade

"Recebemos o chamado do assessor do vereador, que disse que não conseguia contato com ele há dois dias, o que não era comum. Ele tinha uma chave e entrou, e viu o vereador morto. Chegamos aqui e o Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência] constatou a morte", disse o sub-tenente Heleno, supervisor do 5° Batalhão da PM.

Não se sabe ainda se ele foi morto nesta madrugada ou há mais dias. Os vizinhos disseram que não o viam desde a última quinta. "A última vez que o vi foi há dois dias, por volta das 9h15.

Ele estava bem, feliz conversando. O apartamento dele também era bem movimentado, principalmente aos finais de semana", relata o vizinho Jefferson Marinho Viana, fiscal da Vigilância Sanitária.

O Instituto de Medicina Legal (IML) e o Instituto de Criminalística (IC) foram acionados para o local.

 

 

Carro do IML é acionado para recolher corpo do vereador Silvânio Barbosa, em Maceió (Foto: Derek Gustavo/G1)

 

Por meio de nota, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-AL) informou que o Delegado-Geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, designou os delegados Fábio Costa, da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), e o delegado Eduardo Mero, coordenador da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), para investigarem o caso.

"Toda a Segurança Pública lamenta o ocorrido e não poupará esforços para elucidar o caso" (leia a íntegra da nota ao final do texto).

 

Trajetória política

 

Silvânio Barbosa dos Santos era natural de Anadia, e ficou conhecido como líder comunitário no Benedito Bentes, onde atuava desde 1997. A partir daí, ganhou projeção política e se elegeu para o primeiro mandato na Câmara em 2012, com mais de 10 mil votos. Em 2016, foi reeleito.

Formado em História, era professor do ensino fundamental e médio, e sua atuação na Câmara Municipal de Maceió era voltada às áreas da saúde pública, educação, moradia e transportes.