in

Galvão Bueno critica amistosos da seleção brasileira e Globo o deixa fora da transmissão

Publicidade

Quando se fala em transmissão de jogos da seleção brasileira na TV duas coisas vêm à mente: Rede Globo e Galvão Bueno. Para o amistoso desta sexta-feira (7), contra os Estados Unidos, Galvão está fora da transmissão.

No programa “Bem Amigos” da semana passada, o narrador criticou as escolhas dos adversários que a seleção brasileira vai enfrentar. Depois de jogar contra os Estados Unidos, às 21h (horário de Brasília) desta sexta, encara El Salvador, na terça-feira (11), às 21h30 (Horário de Brasília).

“Qual o sentido de se iniciar um trabalho contra Estados Unidos e El Salvador? Não tem lógica, não tem cabimento”, afirmou Galvão. O narrador recordou que a última vitória da seleção brasileira sobre uma seleção européia em jogos eliminatórios da Copa do Mundo aconteceu em 2002, na final contra a Alemanha.

Publicidade

Galvão Bueno ficará de fora da transmissão dos dois amistosos. Nesta sexta, quem narra o confronto contra os Estados Unidos será Luís Roberto. O narrador fez grande sucesso durante a Copa do Mundo e foi o grande destaque da emissora carioca.

Ao lado de Luís, estarão Roger – com quem trabalhou na Copa –, Júnior e Arnaldo Cezar Coelho. No jogo de terça-feira, a narração ficará à cargo de Cleber Machado e os comentários devem ser feitos por Walter Casagrande e Caio Ribeiro.

A Globo não explicou o porquê das mudanças, mas deve ser uma forma de dar novos espaços aos narradores da emissora. Galvão deve se aposentar em breve, embora não tenha data definida.

No SporTV, a narração dos jogos da seleção será feita por Luiz Carlos Jr. e Gustavo Villani, respectivamente.