in

Bebê de 10 meses morre sufocado com maçã por causa de um erro que poderia ser evitado

Os advogados do petista vêm tentando as últimas alternativas para oficializar a candidatura do ex-presidente que, atualmente, se encontra preso.
Publicidade

Quem têm criança pequena em casa, sabe que cuidar dos pequenos não é uma tarefa muito fácil. A vigilância deve ser constante, afinal, qualquer descuido pode culminar em algo trágico, principalmente com os mais pequeninos. No entanto, apesar de todos os cuidados, os pais não estão livres de que alguma tragédia possa acontecer.

Infelizmente, uma fatalidade acabou tirando a vida do pequeno Benjamim Masters, de apenas 10 meses. A mãe do bebê acredita que se tivesse feito algo diferente, provavelmente, seu filho ainda estivesse vivo.

Benjamim morreu após se engasgar com um pedaço de maçã. Tudo aconteceu quando a família passeava em um zoológico. O caso ocorreu em East Sussex, no Reino Unido, e a fatalidade virou manchete do jornal The Sun. O fato serve de alerta para evitar que outros pais passem pela mesma situação.

Publicidade

Os funcionários do zoo tentaram de tudo para salvar a vida da criança. Eles realizaram os primeiros socorros até a chegada da ambulância. Apesar do bebê ter recebido todo atendimento necessário, ele não resistiu e faleceu seis dias depois do acontecido. Com um gesto nobre, a família do bebezinho decidiu doar todos os órgãos da criança.

"Nosso pequeno anjo doou seu coração, seu fígado, ambos os rins, pâncreas e intestino", disse a mãe do pequeno. Lucy, a mãe do garotinho, se pergunta o tempo  todo, porque não cortou os pedaços da fruta em tamanhos menores.

O bebê colocou um pedaço de maça na boca enquanto eles passeavam tranquilamente pelo zoológico. A mãe conta que tudo aconteceu muito rápido.

Segundo dados estatísticos do Datasus no Brasil, 74% dos casos de inalação ou engasgo acontecem em crianças menores de quatro ano.