in

Fim do Mundo? Milhares de pessoas e animais perdem a vida de forma misteriosa

Publicidade

Habitantes de vilarejos do noroeste de Camarões descobriram ao acordarem que muitos amigos e vizinhos haviam morrido durante a noite.

As Mortes

Em 21 de agosto de 1986, quase duas mil pessoas faleceram após a inalação de gases tóxicos que vieram de um lago vulcânico. Cerca de três mil e quinhentos animais também perderam a sua vida naquele dia.

O Desastre

O presidente do país chegou a clamar por socorro internacional. Diversas investigações foram realizadas no decorrer das semanas que se seguiram à tragédia em busca de informações. O professor George Kling da Universidade de Michigan, dos Estados Unidos, participou ativamente das investigações.

Publicidade

Relatos de George

George Kling relatou que ao chegar no lago Nyos, a cena era horripilante e de dar frio na espinha. Praticamente todos os bichos e todos os seres humanos estavam mortos no local.

Alta Concentração de CO2

Kling ainda alegou que era muito complicado de entender a situação, mas que foram encontrados documentos que relatavam sobre alguns pilotos antigos que foram expostos a altos índices de concentração de CO2. George explicou que o gás, quando concentrado de 5% a 10%, age como um alucinógeno nas pessoas.

Causa

Mesmo após tanto tempo ter se passado, até hoje não foram encontradas causas precisas do que pode ter ocorrido. Provavelmente, o dióxido de carbono foi formado no fundo do lago durante muitos anos. Uma das principais hipóteses sobre a liberação desses gases é de que existiu um intenso deslizamento de terras no fundo do lago.