in

3 casos de professoras que assediaram alunos

Publicidade

O professor é responsável por ser exemplo e incentivar seus alunos a serem pessoas melhores. Uma profissão muito importante para nossa sociedade, mas nem sempre tão valorizada. Vale lembrar que seja qual for à área de trabalho, sempre haverá ótimos funcionários e outros nem tanto. Confira agora 3 professoras que foram acusadas de assediar seus alunos.

1 – Yokasta M.

Uma professora colombiana foi acusada de estuprar seus alunos do ensino médio. De acordo com o Daily Mail, a mulher forçava os adolescentes, de 16 e 17 anos, a terem relações com ela em troca de boas notas. Identificada como "Yokasta M", a docente pode ficar até 40 anos na prisão.

Na cidade de Medellín, na Colômbia, entre os meses de janeiro e abril deste ano. A professora chegava até os estudantes por meio das redes sociais, pedindo seus números de telefone “para ajudá-los com a lição de casa”. Yokasta, de 40 anos, usava o WhatsApp para enviar fotos provocantes e propostas indecentes aos alunos.

Publicidade

2 – Alexandria Vera.

Esse caso é um pouco diferente. A professora Alexandria Vera ficou grávida aos 24 anos e o pai era seu aluno de apenas 13 anos. Ela foi condenada a 10 anos de prisão.  A professora de inglês optou por fazer um aborto após ser questionada por um oficial de bem-estar familiar.

3 – Caso no Brasil (Sem nome divulgado)

Acusada de abusar sexualmente de um aluno de 13 anos, a professora de uma escola particular de Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, depôs à polícia após o caso ser denunciado pela mãe do adolescente. A mãe notou uma mudança no comportamento do filho e decidiu olhar o celular dele. 

No aplicativo de mensagens, ela encontrou vídeos sensuais enviados pela professora. Segundo informações da polícia, as relações aconteciam no banheiro da própria escola. Há relatos de que, inclusive, ela tenha abusado de outros alunos do colégio. Ao depor, a mulher negou as acusações.