in

Brilhando em Segundo Sol como Roberval, Fabrício Boliveira relata preconceito fora das câmeras

Publicidade

O ator Fabrício Boliveira que está fazendo o maior sucesso na atual novela das nove Segundo Sol veio à público revelar o preconceito vivido ao longo de sua carreira.

Publicidade

Durante uma entrevista dada para a revista Contigo, ele relata o preconceito que sofreu ao longo de toda sua trajetória. Fabrício é um dos poucos que conseguiu ganhar um destaque na emissora.

Publicidade

O ator falou que as pessoas não estão acostumadas a assistir os negros em uma posição de destaque, somente servindo as pessoas. Apesar de todas as criticas que recebeu nunca deixou se abater ou desanimar por conta dos comentários. Ao longo de sua carreira já fez vários trabalhos de destaque, o que o levou a um estrelato nacional.

Em um dos trechos da entrevista o ator destaca: “Ser ator negro hoje, no Brasil, é vencer as barreiras dos estereótipos apresentados nos textos, figurinos e nas representações sociais… Parece sempre um trabalho a mais ter que desarmar esses gatilhos de preconceito e fazer um personagem não maniqueísta e rico no Brasil”.

Publicidade

Atualmente no ar com  a novela, o ator fala que é um prazer enorme dar vida a um personagem que tem um status social digno de gente branca. Para quem não acompanha a trama, ela trata justamente sobre isso, o filho da empregada e do patrão, no qual mostra bem a diferença de cultura e classe social que existe entre as famílias brasileiras.

Vale ressaltar que nos próximos capítulos da trama, o personagem do ator vai se aliar a Luzia (Giovanna Antonelli), para poder seguir com o plano de se vingar de Laureta (Adriana Esteves).

Publicidade

Leia Também