in

8 coisas que geralmente acontecem com quem bebe demais

A bebida alcoólica faz parte da vida de milhões de pessoas que encontram no álcool uma válvula de escape para a pressão do dia a dia. Seja por fuga de algum problema ou apenas por uma diversão social, o consumo de bebida alcoólica entre os jovens  é muito alto e muitos chegam a extrapolar. 

Como qualquer outro tipo de droga, o uso desenfreado do álcool pode trazer graves consequências na vida do indivíduo, atacando principalmente a saúde mas também atingindo a moral da pessoa. Muitos perdem empregos e até o casamento por conta do vício. 

Publicidade

Além de consequências mais graves, como doenças provenientes do uso do álcool e até mesmo acidentes de trânsito provocados por embriagues, podemos elencar inúmeros vexames que uma pessoa alcoolizada pode cometer quando está fora de seu juízo. 

Esses 8 casos por exemplo, comprovam que é sempre mais prudente beber com moderação. 

Publicidade

1 – Vômito em uma hora totalmente imprópria 

Essa mulher exagerou um pouco na bebida e acabou atrapalhando o beijo de um casal. 

 

2 – Bexiga cheia 

Geralmente quem bebe muitas cervejas em uma mesma noite, tem o hábito de visitar o banheiro várias vezes. O problema é quando não tem nenhum banheiro por perto. 

3 – A marca suspeita 

Outro exemplo de que bebida não combina com falta de banheiro.

4 – Dormindo no banheiro 

O problema é que muitos que encontram banheiro, não querem mais sair dele.

5 – Dormindo no meio fio da calçada

Algumas vezes o cérebro da pessoa está ao ponto de se desligar, no entanto sua cama não está por perto. 

6 – No banco da praça

Conforto não é uma opção. 

7 – Parceiro é parceiro

Em algumas ocasiões, pode ser um estímulo saber que você não se ferrou sozinho. 

8 – Urinando dentro da geladeira

Quando a pessoa passa de todos os limites. 

E você caro leitor, já passou por um vexame parecido com algum desses? 

Publicidade

Leia Também

21 celebridades brasileiras que optaram pelo aborto e apoiam a legalização

Mãe cai em prantos ao receber doação de R$286 mil de jogador de futebol para tratamento dos filhos com AME