in

Ele ficou viúvo há 7 anos, mas todos os dias leva a esposa até a praia para ver o pôr do sol ao seu lado

Publicidade

Existem amores eternos, aqueles que nem a morte consegue separar e este é o caso do senhor Giuseppe Giordano, de 70 anos. Mesmo depois de ter se despedido do grande amor de sua vida, ele continua a levando todos os dias para ver o pôr do sol. Uma linda história de amor que ganhou as manchetes de jornais de todo o mundo e vem causando muita comoção em quem conhece a essa jornada de carinho e dedicação de Giuseppe a sua falecida esposa.

De acordo com o portal de notícias online do jornal Extra, Giuseppe Giordano, mora na cidade de Nápoles, na Itália e que está a aproximadamente 226 km de Roma, capital do país. Um empresário da região notou que o senhor muito gentil e bem disposto, aparecia todos os dias para observar o pôr do sol na praia que fica em frente à sua pizzaria. Ele sentiu que Giuseppe era uma pessoa especial e procurou se aproximar do idoso para conhecê-lo melhor, foi quando descobriu está linda história de amor; saiba mais.

Ele ficou viúvo há 7 anos, mas todos os dias leva a esposa até a praia para ver o pôr do sol

Giuseppe conheceu sua esposa Ida em 1969, ele com apenas 17 anos e ela com 16 anos. Jovens e apaixonados eles não se desgrudaram mais, Ida ficou grávida o que gerou uma grande revolta entre os familiares de ambos que não aceitavam o relacionamento, mas os jovens desafiaram a todos, se casaram e formaram uma linda família.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O amor prevaleceu entre eles, enfrentaram juntos as dificuldades que a vida lhes impôs, tiveram dois lindos filhos e viveram juntos e plenamente felizes até o ano de 2011, quando Ida partiu. Desde então Giuseppe vai todas as tardes a praia onde ele e Ida viveram os primeiros anos juntos e leva um porta retrato com a foto da amada para ver o pôr do sol junto com ele.

 

Ao saber desta maravilhosa história de paixão e dedicação, o empresário Giorgio Moffa, fez questão de compartilha-la no Facebook e imediatamente este conto do amor eterno da vida real viralizou. Ainda segundo Moffa, que se tornou um bom amigo para Giuseppe, ele leva o retrato de Ida para todos os lugares onde vai, não sabe viver se não a tiver ao seu lado e cuida do porta retrato como se fosse seu bem mais precioso.

Publicidade
Publicidade