in

Recém-nascido perde a vida por desidratação: ‘uma mamadeira teria salvado a vida do meu filho’

Publicidade

Tragédias envolvendo crianças acontecem mundo a fora, sejam elas por acidente, descuido, abusos ou outras coisas que tem um destino assustador. Mas, alguns destes casos chamam ainda mais a atenção por ter uma causa tão banal. Cinco anos após perder o seu filho recém-nascido, Jillian Johnson postou um desabafo nas redes sociais para alertar alguns pais.

Desde quando seu filho nasceu, em 2012, essa mãe passou vários dias tentando alimentar ele, porém Landon Johnson só chorava e ela começou a entender que havia algo de errado com ele, porém os médicos diziam que isso era normal, sendo assim ele teve alta três dias depois de nascer.

Pouco tempo depois, cerca de algumas horas depois de estarem em casa, Jillian encontrou seu filho desacordado, com cor azulada e o pulso fraco não respondendo a nenhum estímulo. Ela e seu marido levaram a criança rapidamente ao hospital, os médicos fizeram de tudo para reanimar o bebê, mas não conseguiram. A criança ficou ligada por 19 dias em aparelhos, até que perder a vida.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A causa da morte foi confirmada momentos depois da autópsia, por meio de uma ressonância magnética foi comprava a morte da criança, ela perdeu a vida após sofrer uma parada cardíaca devido a uma forte desidratação.

Como forma de alertar os papais e mamães, Jillian usou seu perfil em uma rede social para falar sobre os perigos da desidratação, dizendo que os recém-nascidos não devem chorar o tempo todos, eles precisam dormir e sujar as fraldas como qualquer bebê comum, além disso ela se culpa, pois talvez o destino poderia ser outro se ela tivesse dado uma mamadeira a ela.

Publicidade
Publicidade