in

Mulher tenta tatuar o olho de roxo, e o resultado é chocante

Publicidade

Modificações corporais atraem muitos adeptos, sejam elas cirurgias, piercings, tatuagens, e etc. Essas mudanças são, geralmente, com um único intuito: a estética. Porém, qual seria o limite disso? Há aqueles que apenas 'se modificam de leve', mas há aqueles que não possuem um limite, e ultrapassam o que seria o aceitável. 

Exemplos disto podem ser encontrados no famoso Guiness Word Records, livro dos recordes. Nele, há pessoas com estes tipos de modificação corporal exagerado, como  'os mais tatuados, ou com mais pierings, ou os dois', mas vale dizer que não há nada de errado nisto, desde que feito de forma ciente e sem riscos à saúde.

Uma moça, Catt Gallinger, resolveu entrar para o grupo de adeptos e decidiu tatuar o seu globo ocular, porém, a ideia não deu muito certo e ela decidiu compartilhar imagens do resultado do "grande erro" que cometeu, como ela mesma chamou, o procedimento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A jovem, de apenas 24 anos, precisou ir para um hospital, e luta para enxergar como olho em que realizou o procedimento. Catt conta que notou que algo estava errado quando percebeu um líquido roxo escorrer do seu olho, e imediatamente procurou ajuda médica.

Chegando ao hospital, foi atendida por um médico que, rapidamente, aplicou algumas gotas de antibiótico, tentando aliviar a situação da moça. Porém, o resultado foi ainda pior, levando a um inchaço imediato na região. Os médicos continuaram colocando outros tipos de medicamentos mas, mesmo após semanas, a jovem continuava sentindo muita dor e percebendo que o líquido parecia se mover. A moça, que é modelo, precisou se afastar do emprego por impossibilidade.

Veja as fotos:

FOTO 1

FOTO 2

FOTO 3

Agora a jovem procura alertar a todos, para que pensem bem antes de realizar qualquer procedimento de risco. Catt diz que o que mais queria era se sentir bem com ela mesma, fazendo o que gosta, mas que isso trouxe sérias consequências e, ainda, a fez gastar muito dinheiro com medicação, e ainda assim sua visão não será mais a mesma, segundo o especialista que acompanhou o caso da jovem.

Publicidade
Publicidade