in

Menina perde a vida no dentista e motivo serve de grande alerta para todos os pais

Publicidade

Os profissionais médicos que cuidam de seu filho devem ser de total confiança, ainda mais quando a criança precisa ser diagnosticada e medicada por ter algum problema de saúde. Só quem em alguns casos eles não tomam as melhores decisões para determinada situação e isso pode trazer sérios problemas na vida das pessoas.

O uso errado de substâncias químicas pode trazer graves danos irreversíveis para a saúde do ser humano e até mesmo causar a morte. Infelizmente um caso como este aconteceu com a pequena Daisy Linn Torres de apenas um ano e dois meses de idade que acabou perdendo a vida por causa de uma fatalidade dessas.

Tudo aconteceu quando a mãe dela a levou ao dentista para ver se seus dentinhos estavam se formando da forma correta, quando foram encontradas 6 cáries e que o tratamento deveria ser iniciado rapidamente. Para tal procedimento seria preciso aplicar uma anestesia para a retirada dos pontinhos pretos, o que levaria em torno de 45 minutos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Só que 10 minutos depois, a menina começou a ter dificuldades para respirar, foi quando o dentista reconheceu que ela não reagiu bem a aplicação do produto. Ele realizou os primeiros socorros e a levou imediatamente para o hospital mais próximo. A mãe da menina ficou desesperada e não acreditava que aquilo estava ocorrendo. Foi quando o pior aconteceu, a pequena Daisy acabou perdendo a vida por parada respiratória.

Biópsias constataram que a causa da morte foi o uso exagerado de anestesia que o dentista utilizou durante o procedimento. A mãe da criança, mesmo abalada, divulga a sua história para que os pais escolham corretamente profissionais de confiança, pois caso contrário um simples deslize pode levar embora seu filho para sempre.

Publicidade
Publicidade