in

Homem esquece celular em casa, volta de carro na contramão e atropela vizinha idosa

Publicidade

Existem mortes que são absurdas e que causam revolta pela forma como acontecem. Foi assim com uma idosa de 79 anos do Distrito Federal, que morreu atropelada por um vizinho.

Carolina Pereira saiu de casa com marmita e dinheiro para o seu neto, quando acabou atropelada. O caso aconteceu na noite do dia 9 de julho e chocou toda a região do Gama, na capital federal.

O motorista que atropelou e matou a idosa tem 25 anos. Ele deixou sua casa de carro e, ao chegar na esquina da rua onde mora, notou que havia esquecido o celular. Foi então que ele decidiu voltar para buscar o aparelho.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

De ré, ele acelerou na contramão. A idosa caminhava para ver o neto e foi atropelada. O homem não fugiu do local. Ele prestou socorro, mas não obteve êxito e ficou bastante desesperado.

De acordo com reportagem da RecordTV, que exibiu o caso no Cidade Alerta, a idosa foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

"A minha mãe era um anjo. Foi triste quando eu vi, é uma cena que não vai mais sair da cabeça da genteA gente não está aqui para julgar ninguém. Nós conhecemos a família dele, são pessoas idôneas", comentou Marcos Pereira, filho da vítima.

O motorista que atropelou a senhora foi levado para o 10º Distrito Policial do Gama. Ele prestou depoimento e responderá em liberdade. Não se sabe se ele continuará morando no mesmo local ou se mudará para outro bairro. O clima, certamente, ficou bastante pesado, mesmo com o filho da vítima dizendo que não está julgando ninguém.

Publicidade
Publicidade