in

Rodrigo Caio se torna problema para o São Paulo, entenda

Publicidade

Desde o começo do ano, o time do São Paulo esperava ansiosamente pela abertura da janela de transferências que ocorreu nesta segunda-feira, 16 de julho . O intuito era vender os passes de Cueva e Rodrigo Caio, mas os planos do clube tricolor estão sendo alterados.

Enquanto Cueva já foi negociado por R$ 36 milhões de reais e segue rumo ao Krasnodar da Rússia, o zagueiro Rodrigo Caio está machucado. Rodrigo até chegou a ser um dos possíveis nomes para a Copa do Mundo, mas foi descartado do mundial por conta de sua lesão sofrida no pé esquerdo durante o jogo contra o Ceará pelo Campeonato Brasileiro.

O jogador e a diretoria do clube tem ciência de que a lesão em seu pé está sendo um empecilho para sua venda, mas estão confiantes de que possa surgir alguma proposta durante a abertura de janela. Durante uma de suas muitas entrevistas, o jogador chegou a falar que estava mesmo na hora de sair.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O jogador segue em sua fase de transição para se recuperar o mais rápido possível, mas já perdeu seu espaço no time durante o período de ausência, isso por que os três zagueiros Anderson Martins, Arboleda e Bruno Alves que estão sendo utilizados em seu lugar estão se mostrando um verdadeiro acerto para o time.

O jogador é cria da categoria de base do São Paulo. Ele, que está em sua oitava temporada pelo clube, já teve algumas saídas que não foram bem sucedidas cogitadas, como por exemplo o Valência que chegou a demonstrar interesse, mas não seguiu com as negociações.

O contrato do jogador com o São Paulo vai até 2021 e, por enquanto, não se sabe se será vendido ou não, mas o clube segue na expectativa de vendê-lo mesmo que seja para um time de menor expressão.

Publicidade
Publicidade