in

Casagrande desabafa e é atacado por jornalista da Record: ‘Brasil não é o seu psiquiatra’

Publicidade

Nos últimos anos, o jornalista Paulo Henrique Amorim, apresentador do Domingo Espetacular, na Record TV, e dono do canal Conversa Afiada, no YouTube, tem se destacado pelas polêmicas em que sempre está envolvido.

Defensor ferrenho do Partido dos Trabalhadores (PT) e inimigo declarado da Rede Globo, o jornalista publicou em seu site um texto bastante ofensivo dedicado ao ex-jogador e comentarista Walter Casagrande.

Nos momentos finais da transmissão da partida entre França e Croácia, neste domingo (15), pela final da Copa do Mundo, Casagrande se emocionou e emocionou a todos com um depoimento sincero.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

“Essa Copa do Mundo foi a mais importante da minha vida. Eu tinha a proposta de ir sóbrio, ficar sóbrio e voltar sóbrio. Eu consegui”, comemorou, aos prantos, Galvão Bueno chorou junto. Mas Paulo Henrique Amorim parece não ter ficado nenhum pouco impactado com o depoimento de Casagrande.

No texto intitulado “a quem interessa a dependência química do Casa Grande?”, o jornalista ironiza as declarações do comentarista da Rede Globo e fala em “suposta” dependência química do ex-jogador do Corinthians.

“Lamento muito, Casa Grande, mas sua suposta dependência química não interessa! A ninguém. O que interessa é bola na rede! Se você foi ou é dependente é um problema entre você e seu psiquiatra. O Brasil não é o seu psiquiatra”, declara Paulo Henrique Amorim.

O apresentador da Record ofende também os telespectadores que assistem a Globo. “Dependente químico é o que assiste a Globo”, escreveu Amorim. O jornalista abre o texto dizendo que a Globo lava dinheiro e suborna agentes da Fifa com o objetivo de ter a exclusividade para transmitir os jogos da seleção brasileira.

 

Publicidade
Publicidade