in

Padre abandona batina para casar com outro homem e deixa igreja chocada; veja as fotos

Publicidade

A igreja católica não permite que os padres constituam família. O motivo é que os religiosos fazem um voto de castidade, ou seja, não podem ter nenhum tipo de relação íntima com ninguém. Mas, como a carne é fraca e muitos talvez não tenham o dom para o celibato. Por isso, sempre acontece de algum abandonar o sacerdócio para viver um grande amor.

Não é um fato incomum histórias envolvendo padres que deixaram a batina para viver um romance. Inclusive, muitos desses casos já foram divulgados na mídia. Giuliano Costalunga, de 48 anos, vivia dedicando sua vida ao sacerdócio. Ele era padre em duas localidades na Itália. Porém, o amor por outra pessoa falou mais alto e o padre decidiu abandonar a batina.

No entanto, sempre esse tipo de situação acaba causando um choque na comunidade onde o religioso atua. Porém, nesse caso o detalhe que chama atenção é a pessoa por quem o padre se apaixonou. Ele decidiu largar a batina para viver com outro homem. O nome do namorado do religioso é Paolo. Giuliano enviou uma correspondência para o bispo de Verona pedindo dispensa de suas atividades dentro da igreja.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

De acordo com a informação de um jornal local, La Vanguardia, o ex-padre decidiu se mudar com o namorado para a Espanha, onde o casamento entre pessoas do mesmo sexo é reconhecido por lei. Eles foram viver nas Ilhas Canárias e após dois meses da mudança celebraram a união.

Os dois se conheceram quando o ex-sacerdote fazia uma visita a doentes que estavam em tratamento contra o câncer. Paolo era um desses pacientes, eles continuaram mantendo contato, até perceberam que o sentimento era mais do que uma simples amizade.

A igreja não recebeu bem a situação e o bispo disse que o relacionamento entre os dois não passa de uma ‘dolorosa situação familiar’. Giuliano por sua vez, afirma que continua com sua fé e adorando a Deus.

Publicidade
Publicidade