in

Como funciona a dilatação para o parto?

Publicidade

Especialistas na área da saúde relatam que para o bebê nascer de parto normal, é necessário que a mulher tenha espaço, ou seja, é preciso que a dilatação seja suficiente para que ocorra o nascimento. Sabe-se que a dilatação para o parto normal tem início de formas diferentes para cada tipo de mulher.

Em alguns momentos, esse processo vem acompanhado de dores, e em outros instantes sem dores, todavia é imprescindível dez dedos de dilatação. Nesse sentido, por meio do parto normal faz-se necessário a ocorrência do procedimento da dilatação.

Destaca-se que o colo é a extensão do útero e, poderá chegar a medir valores de 20mm na 20ª semana de gestação se estendendo até 32,5mm na 34ª semana de gravidez. Assim, a tendência é que quanto mais se aproxima do período de parto, mais o colo tenderá a ficar raso. Consta que o peso do útero faz com que a parte do colo do útero fique mais próximo do órgão íntimo da mulher.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

É possível verificar que o colo do útero já adquiriu alguns centímetros de dilatação por volta da 35ª ou 36ª semana, precisamente em razão do peso. Neste cenário, a placenta, assim como o bebê e liquido amniótico exercem maior poder. Logo, a mulher pode ter por volta de 1 ou 2 dedos tranquilamente sem ameaça de parto iminente pelo tempo de algumas semanas, às vezes chegando até o final da 41ª semana.

A dilatação inicia de fato quando determinados hormônios afirmam que o momento do parto chegou. Levando em conta as contrações espaçadas e não dolorosas, o colo começa a permanecer deletado (mais fino) além disso os 4cm a 3,5 que existem de diferença até a saída da órgão íntimo da mulher, começa a estar menor e a diminuição facilita o parto. Sem contar que a dilatação não necessita precisamente que o colo encontra-se apagado por efetivo, podendo começar a ocorrer antes mesmo que esteja totalmente afinado.

A etapa de extensão do colo do útero pode ser muito intensa e dolorosa para determinadas mulheres, uma vez que algumas demoram mais tempo para dilatar do que outras. E mais o trabalho de parto poderá aumentar em até 24 ou 32 horas apenas aguardando pela dilatação total que é solicitada. O progresso da dilatação pode ocorrer de maneira mais lenta, aproximadamente de meio a um centímetro no período de 2 a 3 horas.

Publicidade
Publicidade