in

Pesquisadores alertam pais: ‘não deixe seu bebê chorando e nem negue colo ou leite’

Publicidade

O site Aleitamento.com publicou um texto relevante sobre a importância de responder ao choro do filho e os malefícios que a prática de ignorar o bebê quando ele estiver chorando podem causar, além de abordar com relação a exaustão e o que pode ocasionar na vida dos pequeninos.

Sabe-se que pais, estudiosos e profissionais da área de maternidade que trabalharam em diferentes segmentos da vida e do conhecimento tiveram que colaborar uns com os outros, tendo em conta que muitos pais demonstraram preocupação com no que refere-se ao tema. Por isso, todas as partes envolvidas tiveram que colaborar com a pesquisa.

É frequente que os bebês da sociedade ocidental chorem frequentemente, todavia não é correto que “seja normal”. Consta que os bebês choram com frequência por algo que lhes gera insegurança, como por exemplo: sono, receio, fome, frio e aquecimento. Sem contar que é afetado pela carência de vínculo físico com sua genitora ou demais pessoas do seu entorno afetivo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O choro é o único procedimento que os lactentes possuem para comunicar aos pais sua insatisfação com algo, independente do motivo. Logo o choro apresenta função importante e necessária na vida de crianças pequenas uma vez que é a única maneira que eles podem utilizar para alertar aos genitores sobre algo.

Observa-se que o corpo do recém nascido está projetado para captar o seio materno na proporção em que necessita, com o objetivo de sobreviver além de sentir-se bem. A criança foi criada no corpo da mãe e anteriormente desconhecia a sensação de necessidade pois antes tudo era distribuído sem ser preciso solicitar. Como declarou a norte-americana Jean Liedloff, na obra The Continuum Concept, o lugar do bebê não encontra-se no berço, mas no colo materno.

Diante disso, enquanto a criança for pequena e não tive discernimento é necessário que a mãe não negue colo e nem que ignore o bebê deixando ele chorando sozinho, e caso esteja dando de mamar estudiosos recomendam que não negue o leito materno ao filho tendo em conta que o contato físico nessa época apresenta função importante.

 

Publicidade
Publicidade