Evangélico, cantor famoso aparece beijando outro homem e confunde mundo gospel

O funk é um gênero musical que caiu nas graças do público. As batidas ritmadas fazem a maioria das pessoas cair na dança. Atualmente, o funk conta com vários nomes de peso, que fazem sucesso não somente no Brasil, mas em várias partes do mundo.

Esse gênero tem algumas variações, hoje em dia está no auge o funk ostentação, com letras que remetem ao consumo e a ostentação em si. O estilo fala sobre carros de luxo, bebidas e, muitas vezes, nos clipes musicais, exibe mulheres lindas como plano de fundo.

Além do funk ostentação, há outras variações, como o melody, que mostra um estilo mais romântico e aquele mais tradicional, em que algumas letras retratam a realidade da classe menos favorecida.

Dentro desse mundo, um funkeiro famoso voltou a ter os holofotes voltados para a sua carreira nos últimos dias. O cantor causou um grande rebuliço nas redes sociais ao lançar um clipe bem polêmico. Nego do Borel teve a atenção não somente do público que gosta desse tipo de música, mas também chamou a atenção da comunidade gospel.

O motivo é que Nego do Borel já havia revelado que era evangélico e também fã de música gospel. Recentemente, o artista até apareceu ao lado da cantora gospel Priscilla Alcântara, em um culto realizado na igreja Batista Atitude.

A proximidade que o cantor tem com vários artistas gospel atraiu os olhares desse público para a polêmica do seu novo clipe. Em sua rede social, o funkeiro é seguido por vários artistas do meio gospel, até pelo fato das pessoas o considerarem evangélico, apesar desse fato ser controverso para alguns.

Nego do Borel aparece beijando outro homem na boca em seu novo clipe e o fato acabou surpreendendo a maioria das pessoas. O artista recebeu críticas, até mesmo de pessoas próximas, como a cantora Anitta, que achou desnecessário que ele usasse esse artifício. Em dois dias, o clipe rendeu mais de 10 milhões de visualizações.

Leia Também