in

Após viver drama dentro da caverna, jovens da Tailândia precisam superar novo desafio

Publicidade

O caso dos meninos que ficaram presos em uma caverna na Tailândia emocionou o mundo inteiro. O planeta acompanhou apreensivo o drama que os jovens passaram durante todos esses dias. Uma força-tarefa foi montada para que o resgate dos jovens acontecesse da melhor maneira possível.

Tudo transcorreu como o planejado e a equipe conseguiu resgatar os 12 adolescentes e o técnico de dentro da caverna. A operação para retirada dos jovens começou no domingo e terminou nesta terça-feira. No total, eles ficaram presos por 17 dias e agora a equipe médica dedica todos os esforços para que o estado de saúde do grupo seja reestabelecido.

Os garotos ficaram sem alimentação por nove dias até serem localizados por uma equipe de mergulhadores britânicos. No entanto, o drama vivido pelos jovens ainda não terminou. Depois de passar todo esse tempo dentro de uma caverna escura, alguns cuidados precisam ser tomados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Os jovens ainda puderam ter nenhum tipo de contanto físico com os parentes. Os médicos querem evitar que eles fiquem doentes ou até mesmo que venham a transmitir alguma doença para os familiares. Por esse motivo as visitas somente aconteceram através de um vidro.

Eles devem ficar internados por pelo menos uma semana. O grupo está recebendo atendimento médico no Hospital Chiangrai Prachanukroh. Esse é considerado o principal hospital da localidade. Os mergulhadores que participaram do resgate dos jovens também vão se juntar a eles e ficarão de quarentena por precaução.

Nesse período hospitalizado, o grupo vai ficar de observação e vários exames e cuidados estão programados. Eles receberam tratamento com antibióticos e também foram vacinados, recebendo inclusive vacina para raiva e tétano. Por causa da água contaminada os jovens correm risco de ter adquirido algum tipo de infecção, como meliodose e leptospirose.

Publicidade
Publicidade