in

Milagre? Doze meninos e o técnico de futebol são retirados de caverna após 3 dias de resgate

Publicidade

Depois de três dias de resgate, 12 crianças e o seu professor de futebol foram removidos da caverna Tham Luang, com localização no norte da Tailândia, e encontram-se bem. Sabe-se que a operação desta terça-feira (10) foi considerada a mais desafiadora,em razão de estar chovendo, o número de resgatados superou ao das missões anteriores.

Lembrando que, anteriormente, foram ao total oito crianças, sendo em dois grupos de quatro pessoas.

A marinha tailandesa realizou a seguinte publicação em um post do Facebook com relação ao assunto: “Não temos certeza se isso é um milagre, uma ciência ou o que é. Todos os 13 Javalis agora estão fora da caverna". O post foi feito em tom de comemoração, levando em conta que foram três dias de luta para salvar as pessoas que estavam na caverna.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Segundo informações transmitidas pelo o jornal “The Guardian”, os trabalhos estão prosseguindo para a retirada de um médico, além de três fuzileiros navais que entraram na caverna para dar assistência ao grupo. Observa-se que a operação foi bem sucedida tendo em conta que todos os últimos presos foram resgatados com vida e passam bem na medida do possível.

Ao deixar a caverna, os resgatados transcorrem por uma instituição hospitalar improvisada preparada na saída do local em que estavam. Logo em seguida, foram direcionados à uma ambulância para irem até um helicóptero o objetivo de serem levados até o hospital da província de Chiang Rai, que encontra-se localizado a cerca de 70 km.Segundo a BBC houve demora para transferir os meninos até o helicóptero, todavia, três ambulâncias foram encontradas deixando o local.

Destaca-se que oito crianças levadas para o hospital continuam internadas, porém, estão bem. Encontram-se em quarentena com finalidade de evitar qualquer infecção, já que a saúde deles está fragilizada, uma vez que estavam em longo período de jejum forçado.

Publicidade
Publicidade