in

Confira uma história para explicar a diferença entre a sogra de genro e a de nora

Publicidade

A eterna briga entre genros e noras com as sogras é datada de muitos e muitos anos atrás. É muito difícil de se ver esses dois núcleos familiares em perfeita harmonia, afinal, a sogra tende sempre a ir para o lado do seu filho ou filha, o que pode ser entendido como a forma mais natural.

Porém, sempre existiu também outra diferença, que é ser sogra de genro e sogra de nora, pois há duas distintas visões para esse plano. Abaixo, há uma breve história que pode resumir bem sobre essa distinção.

Duas senhoras se encontram para conversar após um longo tempo sem se ver e uma pergunta para a outra como vão os filhos dela, chamados Rosa e Francisco. A senhora responde que estão bem, que sua filha tem um ótimo marido, troca as fraldas do filho deles de madrugada, faz café da manhã, arruma a casa, ou seja, ajuda muito a sua filha nos afazeres domésticos, dizendo que ele é um amor de genro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A sua amiga ficou admirada como a filha dela teve sorte e perguntou como estava então seu outro filho, Francisco, e se ele tinha se casado também.

A senhora respondeu que casou também, porém, ele não foi tão sortudo quanto a irmã. Ele precisa levantar durante a noite para trocar a fralda do filho, arruma a casa, lava a louça, pega todo o lixo e também faz faxina. E para completar, ainda precisa trabalhar sem fazer barulho, pois não pode acordar a sua nora que está dormindo.

A conclusão dessa fictícia história é que a sogra de genro adora um que faça tudo para sua filha, mas a sogra de nora não concorda em ter uma nora que é ajudada pelo filho.

Publicidade
Publicidade