in

A semana do São Paulo: chega da de Bruno, situação de Militão

Publicidade

São Paulo confirmou na última quinta-feira contratação de Bruno Peres por empréstimo da Roma (ITA). Com a chegada do jogador de 28 anos, o Tricolor passa a ter três laterais-direitos e vê a disputa ficar acirrada no setor.

Atualmente, o titular da posição tem sido Militão. No entanto, ele tem contrato com o São Paulo apenas até janeiro de 2019. O Tricolor tentou renovar o vínculo do jogador, mas não teve sucesso.

Outro lateral-direito do elenco que está em fim de contrato é Bruno, com vínculo válido apenas até o fim desta temporada. O jogador, porém, foi pouco aproveitado neste ano e não renovará.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O São Paulo ainda contava com outro lateral direito em seu elenco: Régis, que foi contratado do São Bento em março, mas teve seu vínculo suspenso por conta de problemas pessoais.

Além deles, o técnico Diego Aguirre chegou a utilizar o volante Araruna na posição.

Bruno Peres é a segunda contratação do Tricolor nesta janela de transferências: o meia equatoriano Joao Rojas, ex-Talleres (ARG), é o outro. O centroavante uruguaio Gonzalo Carneiro chegou em abril, mas também será uma novidade para o segundo semestre, já que ainda não disputou uma partida oficial.

Fonte: Terra

Publicidade
Publicidade