in

Caso Vitória Gabrielly: novo suspeito confessa o motivo da morte da garota e revela o quanto valeu a vida de Vitória

Publicidade

Mais uma reviravolta no caso do assassinato brutal de Vitória Gabrielly. Dessa vez, um novo depoimento trouxe uma luz para desvendar o crime que comoveu o Brasil. De acordo com o portal de notícias online, G1, um homem morador de Araçariguama (SP) esteve na delegacia da cidade onde revelou que sabe qual foi a motivação do crime; saiba mais.

Segundo a Polícia Civil, o homem que não teve seu nome identificado esteve nesta terça-feira (3) no Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa, onde revelou que Vitória Gabrielly foi assassinada por engano. Infelizmente a adolescente estava na hora errada e no lugar errado, assim como sua mãe Rosana sempre havia dito.

Dívida de droga

O indivíduo confessou que devia uma quantia para traficantes de droga da região e que estava recebendo ameaças de morte. O suspeito também disse que sabia que o traficante, para quem ainda deve, tinha o costume de se vingar daqueles que o deviam castigando integrantes da família dos devedores.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O jovem disse que tem uma irmã com as mesmas características de Vitória Gabrielly, da mesma idade e que mora na mesma região, por isso ele acredita que a menina foi raptada e assassinada no lugar dela. Dois delegados do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) estiveram em Mairinque nesta terça para entregar o depoimento da testemunha aos policiais que investigam o caso.

Quanto valeu a vida de Vitória Gabrielly?

O suspeito afirmou que devia R$7 mil reis a este traficante e foi por esse valor que a vida de Vitória Gabrielly foi ceifada de maneira tão cruel. Até o depoimento desta nova testemunha a polícia ainda não sabia qual era a real motivação deste crime hediondo. Neste momento, três pessoas estão presas: o servente de pedreiro Júlio César Lima Ergesse e o casal Bruno Marcel de Oliveira e Mayara Borges de Abrantes, todos moradores de Mairinque.

O homem que prestou este novo depoimento afirmou que conhece o Julio, Bruno e Mayara. Segundo ele, Ergesse é usuário de drogas – foi ele que revelou para a polícia que esteve em Araçariguama na companhia do casal e lá testemunhou o rapto de Vitória.

Relembre o caso

Vitória Gabrielly despareceu no dia 8 de junho na cidade de Araçariguama. A adolescente que saiu de casa para andar de patins foi raptada e seu corpo encontrado uma semana depois em uma região de mata a aproximadamente 5 km de onde foi vista pela última vez.

A garota foi encontrada amarrada em um tronco de árvore, com uma meia na boca ao lado dos patins que tanto amava, a causa da morte foi estrangulamento causado por um golpe conhecido como mata leão, de acordo com a perícia ela foi assassinada no mesmo dia em que desapareceu. A morte de Vitória Gabrielly causou muita revolta e desde então a sociedade vem clamando por justiça.

Publicidade
Publicidade