in

Big Brother tem acusação de estupro com colher de sorvete e vídeo gera revolta

O Big Brother é um programa famoso no mundo inteiro, mas como mostra o site da Revista Quem, uma situação que aconteceu nos Estados Unidos gerou revolta em todo o planeta. Um participante gay está sendo acusado de abusar dos colegas de programa. Vídeos mostrando o fato ganharam repercussão em todo o mundo. 

Em cenas polêmicas, participante é acusado de abuso sexual

JC Mounduix deixou alguns telespectadores do Big Brother americano revoltados ao tentar colocar um colher de sorvete nas genitais de colegas e ao passar a mão nas partes íntimas de uma das participantes sem a sua permisão.

No vídeo, ele chega ao quarto onde Kaycee Clark, Kaitlyn Herman e Tyler Crispenestão descansando e tenta colocar o utensílio de cozinha nas partes íntimas dos jovens. Kaitlyn Herman escapou do colega que ainda lhe disse "abra a sua vagina. Isso é gostoso".

Segundo o TMZ, nenhum dos participantes reclamou diante das câmeras do comportamento de JC Mounduix, mas as cenas revoltaram alguns fãs. "Não sei se você assistiu aos feeds, mas o JC vem tocando os hóspedes de maneira inapropriada e a produção não está fazendo nada. Não havia regras sobre isso? É nojento assistir", disse um fã. "Com evidências em vídeo de seu toque inadequado em mulheres, como os produtores não removeram JC da casa?", questionou outro.

Procurado pelo site TMZ, o canal responsável pela produção, CBS, não quis se pronunciar. O modelo, de 28 anos, é homossexual assumido.

Veja abaixo um dos polêmicos vídeos com o participante do Big Brother:

 

Leia Também

Next post

Torcida do Santos se mobiliza por mosaico no Pacaembu

Grêmio recebe multa em virtude da final da Libertadores e valor impressiona