in

Homem denunciado pela ex-mulher por agressão desconta no cachorro e atitude revolta

Publicidade

Quando um relacionamento amoroso entre um homem e uma mulher termina, inocentes acabam pagando pela situação e são os que mais sofrem. Um caso revoltante aconteceu na cidade de Águas Lindas de Goiás, no Distrito Federal, e virou assunto nas redes sociais.

Um homem identificado como Jhonatan Barcelos, de 30 anos, se separou da ex-mulher, mas não digeriu bem o fim do relacionamento e a acusação de tê-la agredida.

De acordo com a Polícia Militar, o homem teria matado o cachorro da raça buldogue francês que estava com ele como forma de se vingar da ex-mulher. O animal estava em posse de Jhonatan havia dois meses, quando o relacionamento de cinco anos chegou ao fim.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Além de ter supostamente matado o cachorro de estimação, Jhonatan teria gravado um vídeo da ação e o enviou para um grupo do WhatsApp. O vídeo circula nas redes sociais, mas não será exibido neste artigo.

Jhonatan Barcelos já tem passagens pela polícia, enquadrado pela Lei Maria da Penha. As agressões não são novas em seu currículo. Depois que as imagens da violência contra o buldoque francês foram divulgadas, ex-namoradas de Jhonatan procuaram a polícia para relatar agressões.

Ele está foragido, devido a repercussão do caso, e terá que responder por maus-tratos contra animais. A multa para este crime pode chegar a até 40 salários mínimos.

Jhonatan foi procurado pela polícia em sua casa, na casa de sua mãe, que afirmou não saber do paradeiro do filho. Ele excluiu os perfis que mantinha nas redes sociais.

A Polícia Militar informa que repassou o caso para o Ministério Público e para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Quem tiver informações sobre Jhonatan Barcelos pode ligar para 162 (ouvidoria do governo do Distrito Federal) ou 197 (Delegacia Especial de Proteção ao Meio Ambiente e à Ordem Urbanística (Demaa).

Publicidade
Publicidade