in

Um banco liberou milhões por engano para um estudante e o desfecho da história vai te surpreender

Publicidade

Todo mundo sempre sonha em ganhar uma grana extra e a maioria das pessoas faz o que? Aposta na loteria, mas o sortudo Luke Moore não precisou fazer isso. O jovem australiano acordou em um dia de sorte e descobriu que a partir daquele momento teria cerca de R$ 4 milhões disponíveis na sua conta  para gastar com o que quisesse.

Isso mesmo, em um passe de mágica, Luke ficou milionário. O caso aconteceu em 2010, quando o estudante de direito pediu benefícios governamentais e abriu uma conta que eles chamam de Complete Freedom Account e conseguiu acessar uma quantia impressionante mesmo sem ter dinheiro algum.

A história do banco St. George e Luke começou quando ele sacou cerca de R$ 27 mil e o banco não bloqueou sua conta. Dessa forma, ele conseguiu fazer diversos saques, depositar em contas abertas de outros bancos e usar para bancar a vida que sempre desejou.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Por 2 anos, ele teve acesso a quase R$ 4 milhões e gastou com carros, viagens, drogas e strippers. Sua primeira viagem com o dinheiro foi para a Taliândia e depois visitou a Gold Coast, na Austrália. Luke ainda comprou um barco, vários carros de luxo, obras de arte de Banksy e até mesmo uma camiseta autografada pelo Michael Jordan.

Como o banco não percebeu o erro na conta de Luke, ele ainda conseguiu pagar dívidas e quitar a hipoteca de sua casa. Só que após os 2 primeiros anos vivendo uma vida dos sonhos, o banco identificou o erro na conta Complete Freedom Account e decidiu tomar providências.

A história que tinha tudo para ter um fim trágico, não foi tão ruim como as pessoas imaginam. Luke foi julgado por má-fé e pegou 4 anos e meio de prisão, e também foi enquadrado por lidar com produtos de um crime pegando mais 3 anos. De acordo com o juiz, essas sentenças deveriam ser cumpridas simultaneamente, mas Luke é mesmo um cara de sorte.

O estudante ficou apenas 5 meses na cadeia e foi inocentado. Ele conseguiu se livrar da prisão porque, segundo o tribunal de apelação, a responsabilidade por bloquear a conta era do banco. Para eles, Luke não teve intenção de enganar a instituição e só conseguiu usar o dinheiro porque o valor estava liberado para que ele usasse.

Mesmo se livrando da prisão, Luke Moore não conseguiu manter o padrão de vida luxuosa porque teve que devolver todos os bens comprados com o dinheiro do banco. Hoje, Luke mora com sua mãe e dirige um carro popular, mas em entrevista disse que não sente falta do dinheiro apenas da "cocaína, strippers e dos carros".

Publicidade
Publicidade