in ,

MUITA GRANA! Confira a lista atualizada dos atletas mais bem pagos do mundo

Publicidade

A revista Forbes divulgou, nesta terça-feira, a atualização de sua tradicional lista de atletas mais bem pagos do mundo. Pela primeira vez, nenhuma mulher figura na lista. A tenista norte-americana Serena Williams, que ocupava a 51ª posição do ranking em 2017, ficou de fora após abandonar as quadras com o nascimento de sua filha.

Neymar está no Top 5. Dentre os jogadores de futebol, o brasileiro fica atrás apenas de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo. Confira a relação:

1. Floyd Mayweather

O boxeador norte-americano de 41 anos recuperou seu posto, destronando Cristiano Ronaldo. O atleta arrecadou nos últimos doze meses a impressionante marca de US$ 285 milhões, em grande parte arrecadados em sua luta contra Conor McGregor em agosto, sua única no período.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

2. Lionel Messi

Ao menos nesta categoria, Messi voltou a superar Cristiano Ronaldo. O argentino, mesmo sem conquistar os prêmios mais importantes do futebol, ganhou US$ 111 milhões entre julho de 2017 e junho de 2018.

3. Cristiano Ronaldo

O craque português caiu duas posições no ranking dos atletas mais bem pagos do mundo. Não há o que reclamar, já que CR7 arrecadou nada menos que US$ 108 milhões ao longo do último ano.

4. Conor McGregor

O lutador irlandês também colheu seus frutos da luta contra Floyd Mayweather, apesar da derrota. McGregor saltou para o quarto lugar da lista e embolsou no período a bagatela de US$ 99 milhões.

5. Neymar

O brasileiro Neymar, apesar de ter ficado um considerável período longe dos gramados, alcançou o quinto lugar. Graças, principalmente, à transferência milionária do Barcelona para o PSG, Neymar ganhou ao todo US$ 90 milhões.

Completam a lista dos dez atletas mais bem pagos do mundo o craque da NBA Lebron James (US$ 85 milhões), o tenista suíço Roger Federer (US$ 77,2), o jogador de basquete Stephen Curry, também da NBA (US$ 76,9 milhões) e os jogadores de futebol americano Matt Ryan (US$ 67,3 milhões) e Matthew Stafford (US$ 59,5 milhões).

Publicidade
Publicidade