in

Descubra os 7 segredos de pessoas autoconfiantes e bem sucedidas

Para a construção de autoconfiança, há um procedimento curto e simples de 3 minutos que ajuda a entrar em sintonia com as pequenas coisas que você faz, combatendo a mentalidade destrutiva de pensar que apenas enormes sucessos e conquistas realmente "contam" quando se trata de aumentar a autoestima.

Além do método dos "Pequenos Sucessos", existem outras maneiras de aumentar sua autoconfiança, apenas alterando um pouco a sua mentalidade. Esse artigo destaca os pensamentos que você pode ter agora para construir uma mentalidade que fortaleça sua autoestima. 

1. Não se preocupe se você não se sentir confiante o tempo todo. 

Parece contraproducente, não é?  Um pouco de dúvida pode mantê-lo humilde o suficiente para perceber que você pode precisar aprender mais ou trabalhar mais em alguma coisa. Pode até lhe dar a determinação obstinada de continuar e mostrar às pessoas que você é capaz.

A dúvida leva a questionar as atitudes e, mentalmente, prepara para aceitar mudanças, impulsiona a trabalhar mais ou de forma diferente, e pode levar a abordagens mais cooperativas para lidar com pessoas que discordantes. Seus sentimentos de confiança devem diminuir e aumentar durante o curso do dia – ou uma vida inteira. Essa flutuação é normal. Não se preocupe!

2. Mostre compaixão pelo seu "Eu Futuro".   

Cuidar do seu "Eu Futuro" poderia envolver ações tão pequenas como encher o seu tanque de gasolina esta tarde, porque você tem uma manhã ocupada amanhã; assim como se exercitar agora para ter uma saúde melhor à medida que envelhece. "Eu posso não querer me exercitar", você poderia dizer para si mesmo: "Mas o meu Futuro Eu gostaria que eu me cuidasse agora" – seria uma boa resposta.

3. Pratique a reflexão compassiva e realista .  

Ser capaz de perceber quando você está sofrendo, consolar-se e dizer a si mesmo que "amanhã é outro dia", ajuda a aceitar a situação que está passando mesmo que você não tenha conseguido se comportar da maneira que preferiria. Ser solidário e amável consigo mesmo, quando você cometeu erros, não só aumentará a autoestima, isso também aumentará sua motivação e autocontrole.

Alguns exemplos de reflexão compassiva:

  • "É verdade que você não se saiu tão bem quanto queria na palestra, mas, como você não se sentia bem, você é um herói só para passar por isso".
  • "Sim, você se sente mal por não ter dito NÃO ao pedido do seu amigo. Pense no que você poderia dizer da próxima vez e coloque-o no seu arquivo mental".
  • "Você não precisa ser perfeito".
  • "Não deixe isso te derrubar. Isso também passará".

4. Reclassifique “falhas” como retrocessos, desafios, oportunidades ou experiências de aprendizado.   

Reclassificar "falhas" como "desafios", por exemplo, reduzi imediatamente o nível de hormônios do estresse em seu corpo. Como você poderia trabalhar para melhorar/resolver este último "desafio"? Alterar uma palavra pode iniciar uma cascata de pensamentos de solução de problemas.

A análise de erros e contratempos do passado também pode melhorar seu desempenho futuro. Tire a palavra "fracasso" da sua lista de vocabulário mental! Pratique isso e você desenvolverá uma "mentalidade de crescimento".

5. Não assuma que outras pessoas sabem o que você sabe. 

Possua sua própria experiência! Você sabe os melhores lugares para encontrar roupas baratas? As leis de sua cidade sobre lixo, licenças e coleta de itens grandes? Os melhores restaurantes para qualquer ocasião? Pense nos momentos em que as pessoas recorrem a você para obter informações; seus amigos percebem que você tem várias áreas de especialização, relacionadas à carreira e relacionadas à vida. 

6. Conheça seus pontos fortes.  

Pense em elogios e feedback positivo de outras pessoas. Observe o quanto você gosta ou não gosta de certos tipos de tarefas. Analise a maneira como você contribuiu para uma situação e a tornou melhor. Quando você teve sucesso, repita mentalmente de novo e de novo.

Lembrar e saborear o feedback positivo dos outros ajuda a internalizar seus pontos fortes. Da mesma forma, lembrar de outras experiências positivas enreda suas qualidades especiais em seu cérebro. 

7. Lembre de seu propósito mais elevado e seus valores e objetivos significativos.   

Lembrar de seus valores, objetivos e missão de vida mais importantes pode dar mais força de vontade, persistência e autoconfiança. Seus valores mantêm você orientado para o seu "verdadeiro norte", apontando para o núcleo de quem você é.

Se nada estiver funcionando e você se sentir vítima de sentimentos constantes de inutilidade ou ódio a si mesmo, encontre um bom terapeuta. Esse profissional ajuda a desafiar quaisquer crenças negativas profundas sobre si mesmo. Sim, a terapia envolve tempo, dinheiro e trabalho, mas vale a pena melhorar sua autoconfiança. 
 

Leia Também

Next post

Professora é presa após obrigar alunos a fazer ‘trabalhos especiais’ em troca de boas notas

Confira detalhes do pré-jogo: Bahia x Grêmio – 9ª rodada Brasileirão 2018