in

Grêmio perde o zagueiro Kannemann

Publicidade

O Grêmio procura superar a má fase dos seus atacantes, e espera vencer a partida contra o Bahia, neste domingo, em Salvador. A partida é válida pela 9º rodada do brasileirão. O técnico tenta novas possibilidades para tentar suprir os diversos desfalques, como um dos mais importantes jogadores, Jael.

Grêmio sofre com ausências e ver sua média de gols despencar

O time gaúcho, dono de uma das maiores e mais apaixonadas torcidas do país, começa a sofrer com o elevado números de jogos. Como consequência dessa sequência desgastante, o clube vem perdendo diversos jogadores e, o pior, da equipe titular.

Um dos jogadores que mais faz falta a equipe Gremista, é o atacante Jael, que virou peça fundamental na equipe que é a atual campeã do continente. Jael é responsável direto e indiretamente, por metade dos gols da equipe comandada por Renato Gaúcho e sua ausência tem esquentado a cabeça do técnico.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Sem o atacante, o clube viu sua média de gols ser melhor apenas que a do Cruzeiro, e a dos clubes que estão no Z4, a famosa zona de rebaixamento. Após oito rodadas, a equipe empatou quatro em 0 a 0 (Atlético-PR, Inter, Paraná e Fluminense). Com oito gols, só anotou mais que Bahia e Santos (ambos por seis), Cruzeiro (cinco), Ceará (quatro) e Paraná (três).

Grêmio perde zagueiro Kannemann

Assim como os demais jogadores, o zagueiro argentino, Kannemann, que jogou 25 partidas na atual temporada, sentiu mais uma vez o desgaste físico e vira dúvida para o jogo. Kannemann vem de uma lesão recente e é considerado peça chave no sistema defensivo do Grêmio. Com a possível ausência do jogador, na partida deste domingo, o técnico Renato Gaúcho fica sem muitas opções para reposição. O técnico já tem um desfalque na defesa, por conta de Geromel estar com a seleção brasileira, na Copa.

 

 

Publicidade
Publicidade