in

Inscrições do programa Jovem Aprendiz dos Correios foi prorrogada

Publicidade

Os Correios prorrogaram o prazo para os interessados se inscreverem no programa Jovem Aprendiz 2018. Ao todo são 4.983 vagas e os selecionados contarão com uma remuneração mensal no valor de R$ 448,46 mais os benefícios, entre eles: vale-alimentação, vale-transporte, entre outros. Podem se inscrever jovens de 14 a 22 anos, desde que estejam devidamente matriculados e frequentando a escola.

Publicidade

Agora, as inscrições para o programa podem ser feitas até o próximo dia 11 de junho, segunda-feira e não é preciso pagar nenhuma taxa. Além de estar matriculado e frequentando as aulas, o candidato deve estar pelo menos no 9º ano do ensino fundamental.

Publicidade

A jornada de trabalho é de 20 horas semanais, sendo 4 horas diárias, então é bom ver com antecedência como irá conciliar a participação no programa com os estudos, pois não é permitido que o jovem pare de estudar.

O objetivo deste programa é justamente a preparação do aprendiz para a vida profissional, garantindo-lhe a primeira experiência no mercado de trabalho para que posteriormente fique mais fácil conseguir um novo emprego.

Publicidade

A duração do Jovem Aprendiz é de 12 meses e os selecionados irão receber o ensinamento teórico através de uma parceria feita com o Senai, onde contarão com excelente infra-estrutura e professores altamente capacitados. Depois vem a fase prática que será em uma das unidades dos Correios, onde o jovem será acompanhado por um profissional, sempre pronto para esclarecer as dúvidas e lhe passar as atividades que deverão ser desempenhadas.

Acesse o site dos Correios, onde estão todas as demais informações sobre o programa e também o link para a inscrição. Vale ressaltar que não poderão participar os jovens que já foram contratados anteriormente para este programa e é desejável que o candidato tenha noções básicas de informática, principalmente em planilhas, editor de texto e saber navegar na internet.

Publicidade

Leia Também

Arthur e Douglas treinam e podem ser reforço contra o Bahia

Nova greve dos caminhoneiros já tem data marcada: ‘Vai ser bem pior’