‘A final é pouco, temos que ser campeões’, diz técnico do São Paulo Sub-20

São Paulo garante vaga na final da Copa do Brasil Sub-20 e técnico diz: 'é pouco'.

A Copa do Brasil sub-20, esta em sua sexta edição e pela terceira vez o São Paulo chega para a disputa do título. E o esforço do elenco foi reconhecido pelo técnico Orlando Ribeiro, que ressaltou a maturidade adquirida pelo time, que conseguiu compreender que nem sempre é possível realizar um bom jogo e que nestes casos, a vitória deve ser conseguida através da luta, foco e dedicação. Contudo, embora satisfeito com os resultados até o momento, ele espera que para a final os jogadores tenham em mente que ''a vitória é pouco, temos que ser campeões''.

No jogo da semifinal, contra o Palmeiras, a equipe teve uma classificação apertada, vencendo o primeiro jogo por 1 a 0 (gol de pênalti marcado por Rodrigo), o que garantiu o direito de empate ao Tricolor no segundo jogo, que ficou em 1 a 1, após a equipe rival sair na frente e o São Paulo conseguir empatar logo no início do segundo tempo, com gol de Geovane.

"É um clássico. Sabíamos que seria bem truncado. Poderíamos ter apresentado um futebol melhor, mas, devido as circunstâncias, optamos por chegar à final. Chegamos, é um aprendizado. Às vezes, o jogo não encaixa como achávamos, e serve de lição, vira o assunto da minha próxima conversa de vestiário com eles, o que fizemos e o que poderíamos ter feito. Eles estão de parabéns, porque foram dois jogos que precisavam de luta, foco, dedicação para chegar à final, e chegaram. Qualidade técnica, querer e inteligência fizeram todos chegarem aqui", afirmou o técnico Orlando.

Após o primeiro jogo da semifinal, no dia 8 de maio, 6 jogadores do São Paulo (Walce, Luan, Helinho, Jonas Toró, Igor Gomes e Brenner) e 3 do Palmeiras estiveram em treinamento com a seleção brasileira sub-20, visando a Sul-Americana de 2019. Dos 6 atletas do São Paulo que estavam integrando a seleção, cinco participaram da semifinal e, do Palmeiras os três, o que para o técnico paulista acabou por tirar a força da semifinal, já que os jogadores retornaram da seleção na segunda-feira (14), logo após um amistoso na parte da manhã contra os reservas profissionais do Corinthians, vencido pelos 'amarelinhos' por 2 a 1. Este cansaço ficou evidente no confronto da semifinal, realizado na terça-feira (15).

“A equipe do Palmeiras teve o mesmo problema. Teve jogadores saindo exaustos, com câimbras. Poderíamos pedir maior atenção da CBF com isso, são dois times que fazem a base da Seleção Sub-20, ficamos a semana toda sem treinar com eles. Prejudicou as equipes, o desempenho e ambos sentiram muito. Os times têm que entrar com condição máxima de lutar numa semifinal de competição, e não foi o que vimos”, afirmou Orlando.

As partidas da final ficaram decididas da seguinte maneira para o São Paulo: o primeiro jogo será feito fora de casa, no dia 22 em horário ainda não definido e no jogo da final o São Paulo terá o mando de campo. O adversário será definido nesta quinta (17), às 18h30, entre Corinthians e Botafogo. No primeiro jogo a vitória foi do Corinthians, por 2 a 0.

Após a semifinal, os jogadores tiveram um dia de folga, se apresentando hoje para os treinos.

“Logo após a partida, só dei parabéns e um dia de descanso para eles. Eles têm que sentir que a final é pouco, eles precisam querer ser campeões. A partir desta quinta, eles precisam ouvir, assimilar novas instruções e absorver o melhor para que possamos fazer um grande jogo na final”, disse Orlando Ribeiro.

Leia Também