in

7 males em trabalhar 8 horas por dia

Hoje a dia, a carga horária de trabalho gira entre cerca de 8 horas por dia, sendo assim considerado uma grande vitória das classes operárias, que antigamente trabalhavam muito mais que isso. E, embora exista a crença de que trabalhar por este período possa fazer bem, gerando mais rentabilidade do funcionário, estudos comprovam que não é verdade, enquanto que trabalhar por este período ou mais que ele, pode gerar sérias consequências para a saúde – físicos, mentais e sociais. Veja abaixo 7 males causados por esta carga horária.

1 – Problemas cardíacos

Atenção, se você trabalha por cerca de 10 horas por dia, saiba que isso pode custar a sua vida. Pessoas que trabalham por este período são mais propensas a desenvolver problemas graves de saúde, sendo que estas tem 60% mais chances de sofrer um ataque cardíaco do que outras pessoas.

2 – Vícios

Foi comprovado por estudos que quem trabalha por pelo menos 40 horas semanais tem mais chances de desenvolver vícios em substâncias licitas. Pessoas que cumprem esta jornada de trabalho tendem a desenvolver vícios e abusar de bebida e cigarro, o que a longo prazo também pode contribuir para o surgimento de outros problemas de saúde causado por estas substâncias.

3 – Problemas de relacionamento

Pessoas que trabalham por cerca de 50 horas semanais tendem a ter problemas em relacionamentos, principalmente com a família. Se aumentar 10 horas a esta carga, chegando a 60 horas semanais, a probalidade aumenta em mais 30%, o que pode estragar sua relação interpessoal com aqueles mais próximos a você.

4 – Produtividade

Além de poder sofrer de todos os males citados acima, pode ser que a produtividade não seja tão boa quanto o que se espera de tanto sacrifício. Estudos comprovam que quem trabalha acima da carga horária de 8 horas por dia tendem a ter uma queda significativa em sua produtividade, principalmente se este trabalho exige muito mentalmente ou fisicamente.

5 – Ausência

Pessoas que trabalham com a carga horária de 40 horas semanais, tem 9% a mais de chances de faltar do trabalho do que aquelas com carga horária menor. Consequentemente, essa porcentagem aumenta com o aumento da carga horária.

6 – Problemas de tensão

Uma carga horária extensa acaba se tornando muito exaustiva e isso pode ser muito maléfico à saúde como vimos acima e, além disso, pode gerar distúrbios psicológicos graves. Lembrando que esta tensão gerada pela exaustão também é uma das maiores causas de acidentes de trabalho.

7 – Depressão

Cargas horárias de 8 horas por dia podem gerar além de tudo o que já foi informado, a depressão. Somando-se vários dos fatores mencionados acima como a tensão, exaustão, problemas de relacionamento, vícios entre outros, não é incomum que alguém com estes sintomas desenvolva depressão.

Se você é empregador e acredita que seus funcionários lhe rendem mais trabalhando exaustivamente, pense bem. No fim, pode não ser tão lucrativo quanto pensa. E se você é uma dessas pessoas que trabalham demais, pense bem antes de continuar com esta obcessão. Veja se já não sofre de alguns dos sintomas acima e se vale a pena continuar.

Leia Também

Mortes, drogas, prisão: a maldição dos vencedores do BBB que a Globo tanto escondeu

10 conversas de texto hilárias que mostram como pais e filhos são iguais