EconomiaNOTÍCIAS

Circulação de ônibus em São Paulo começa a se normalizar

O corre corre intenso da vida do morador de São Paulo foi freado esta semana. Desde segunda-feira, grande parte da frota de ônibus que serve as regiões de Mauá, Ribeirão Pires, Santo André e Rio Grande da Serra, cidades conhecidas por estarem no entorno da capital, estavam com seus serviços paralisados por conta de uma greve deflagrada por rodoviários.

Os trabalhadores da viação Auto ônibus Santo André, decidiram que hoje encerrariam o movimento grevista, os funcionários dessa importante permissionária que reduziu significantemente a frota e comprometeu a circulação de ônibus, estavam com os salários atrasados, além do auxílio alimentação, e da participação de lucros.

Somam-se a estes os rodoviários da Viação Triângulo que também mantinham suas atividades suspensas, porém que concordaram em voltar ao volante no final do dia de ontem. Apenas os funcionários da empresa Ribeirão Pires, mantiveram a suspensão de suas atividades, o que ainda compromete a circulação de ônibus e São Paulo, porém os efeitos foram menos impactantes.

As linhas que atravessam os municípios de Diadema, São Paulo e São Bernardo do Campo (288, 288P e 289), foram reforçadas para tentar amenizar o problema. Além das já citadas empresas, a ‘Eaosa’ também vem atravessando frequentes movimentos de grevistas, o motivo também é o atraso nos pagamentos de seus funcionários.

Aos poucos a circulação de ônibus na capital e na Grande São Paulo, vão retornando a normalidade.

Leia Também

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.