EconomiaNOTÍCIAS

Servidor estadual do Rio: Governo seguirá com discriminação

Não bastasse o absurdo de trabalhar sem receber, de ter que receber seus proventos parcelados e agora ‘sabe-se lá quando’, o Governo assumiu que não tem caixa para pagar todos os servidores e pior, a ‘conta’ tende a ser mais pesada para o servidor estadual que já deu sua contribuição, os aposentados ou pensionistas.

Após definir que o pagamento da folha salarial se daria priorizando os profissionais da educação e da segurança pública, o Estado inicia a segregação no qual é ele quem define quem deve ou não receber o pagamento e quem ficará no calote. Sem dúvidas a situação mais grave e preocupante é a do servidor estadual aposentado, à estes cabe ‘apenas’ o direito de protestar, pois não podem promover greves.

Na tarde de hoje, 5 de outubro, o Governo Estadual através de sua Secretaria de Fazenda, se pronunciou afirmando ter efetuado o repasse de aproximadamente R$ 2 bilhões as instituições financeiras para efetuarem o depósito das remunerações do funcionalismo.

A nota menciona ainda que este valor cobriria 70% da folha de pagamento e que os demais servidores receberiam seus salários “nos próximos dias”, não dando nenhuma data para o que entende como “próximos dias”.

No STF

O Supremo Tribunal Federal ordenou que o Governo honrasse seu compromisso com o servidor estadual, realizando o depósito de seus salários até o terceiro dia útil do mês.

E você, recebeu?

Servidor estadual do Rio de Janeiro, a 1News está ao seu lado nessa luta e neste momento que estão atravessando. Estaremos de olho para denunciar quaisquer abusos praticados contra a população e o funcionalismo público. Comente, dê sua sugestão e nos ajude repassando essa matéria.

Leia Também

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.