Eleições 2018NOTÍCIAS

PT abre processo contra Faustão, Huck e Globo

Emissora e seus apresentadores deverão pagar multa ao Partido dos Trabalhadores, que também pediu também inelegibilidade de Huck.

O Partido dos Trabalhadores (PT) moveu uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra Luciano Huck, Faustão e a TV Globo nesta segunda-feira (8). De acordo com o grupo, Huck cometeu e se beneficiou de abuso de poder econômico e dos meios de comunicação. Os comentários, alvos do processo, foram feitos pelo apresentador de um dos programas da TV Globo foi no Domingão do Faustão, onde participou com sua esposa de um dos quadros.


Na representação, foi pedido a inelegibilidade de Luciano ou até mesmo a cassação de um possível registro de sua candidatura. Alvos do processo, a Globo e os dois apresentadores também deverão pagar uma multa. O documento enviado a Justiça Eleitoral foi assinado pelo senador Lindberg Farias e o deputado federal Paulo Pimenta, líderes do partido na Câmara.


Aproveitando a presença de Huck em seu programa, Fausto introduziu a política na conversa e o fato do apresentador do Caldeirão ter seu nome cotado por partidos para se candidatar à presidência, mas ele não pretende se lançar nas eleições de 2018.

 

Ricardo Noblat sai do O Globo e engata ano na Veja

 

Após 11 anos, o colunista Ricardo Noblat anunciou sua saída do jornal O Globo. No comunicado, ele anunciou sua volta a Veja, onde já tinha trabalhado entre 1977 e 1982. Seu retorno a redação da editora Abril aconteceu no dia 5 de janeiro deste mês.


Em sua primeira publicação, Noblat contou sobre sua trajetória, saudando os leitores e pedindo licença aos colegas jornalistas que trabalham na revista eletrônica. Ele também deixou claro que o alvo preferencial de suas críticas em seu blog, eram o ex-presidente Lula, Dilma, Renan Calheiros e José Sarney.


Com 51 anos de jornalismo, ele vai continuar abordando fatos da política como sempre gostou em suas publicações. A entrada de Ricardo para o time da Veja acontece em ano de eleição presidencial.


Formado pela Universidade Católica de Pernambuco, em sua carreira, também é autor de livros como O que é ser jornalista: memorias profissionais e Céu dos favoritos: o Brasil de Sarney a Collor e dentro de várias redações em que trabalhou, passou por variados cargos, até começar a se dedicar inteiramente ao seu blog. Compete amigavelmente no Brasil com outros importantes colunistas, como por exemplo Lauro Jardim, que noticiou em 2017 o escândalo que desencadeou a Operação Carne Fraca.

Leia Também

Thiago Santos

Redator especializado nas áreas de notícias cotidianas, políticas, internacionais e esporte.

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.