BrasilNOTÍCIAS

Globo tem três jornalistas sequestrados durante reportagem

De acordo com o portal TV Foco, o caso com os profissionais da Globo foi registrado em São Paulo.

A violência no Brasil está atingindo um nível inimaginável. Profissionais da TV Globo foram vítimas de sequestro relâmpago na última semana. Eles foram abordados enquanto gravavam uma matéria no Grajaú, zona sul de São Paulo, durante a noite.

 

Os funcionários precisaram realizar saques em caixas eletrônicos e darem todos os pertences aos bandidos. A emissora que tem sede principal no Rio de Janeiro preferiu não se manifestar sobre o acontecimento preocupante para os profissionais da imprensa do Brasil.

 

Outro problema parecido aconteceu no último dia 9 de setembro, quando um grupo de funcionários da mesma emissora foi vítima de assalto na porta da Globo no Rio. Alguns ficaram em pânico e até com trauma pelo ocorrido. Eles haviam trabalhado durante todo o dia e vários criminosos aguardavam os profissionais para os assaltar, a ousadia dos meliantes chamou a atenção dos internautas.

 

A arma utilizada pelos criminosos eram fuzis, bem popular entre os membros do tráficos. Um dos contratados da rede de televisão precisou retirar o sapato para entregar aos assaltantes.

 

Rogério 157 é preso durante operação da zona norte do Rio

Rogério Avelino da Silva, mais conhecido como Rogério 157, foi preso durante uma operação realizada na favela Avará na manhã desta quarta-feira (6). A operação que teve início nessa madrugada, foi coordenada pela Seseg (Secretaria de Estado de Segurança), com apoio de quase três mil homens das polícias militar, federal, civil e também de agentes das Forças Armadas.

 

De acordo com os agentes, Rogério foi localizado inicialmente em uma casa que já estava sendo monitorada pela polícia, entretanto, ele conseguiu escapar para a residência de uma moradora, onde foi preso.

 

Após a captura, o traficante foi encaminhado para Bangu 1 por 20 policiais da 12ª DP (Copacabana) e da 13ª DP (Ipanema) para a Cidade da Polícia.
O líder do tráfico mais procurado dos últimos tempos é o responsável pela guerra na favela da Rocinha, iniciada dia 17 de setembro, quando moradores da comunidade testemunharam o confronto entre traficantes. Na ocasião, cerca de 60 criminosos liderados pelo chefe do tráfico Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, invadiram a comunidade com o objetivo de expulsar Rogério.

Leia Também

Italo Nascimento

Baiano, escrevo desde 2011 sobre TV, música e entretenimento em geral.

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.