BrasilNOTÍCIAS

Crime: jornalistas da Globo são sequestrados

Saiba como o crime contra jornalistas da Globo aconteceu e fique por dentro.

Um notícia de crime tem preocupado os familiares e amigos de três jornalistas que trabalham para a Globo em São Paulo. De acordo com a coluna de Flávio Ricco, os jornalistas sofreram um sequestro relâmpago na semana passada e teriam sido ameaçados pelos criminosos.

 

De acordo com o TV Foco, tudo aconteceu durante a gravação de uma pauta, à noite, no bairro do Grajaú, zona sul da cidade de São Paulo.

O sequestro dos jornalistas da Globo envolveu o roubo de valores das contas correntes dos profissionais. Os três foram conduzidos a caixas eletrônicos e obrigados a sacar dinheiro para dar aos bandidos, além de ter que entregar seus pertences, como celulares e bolsas.

 

Apesar do blog confirmar o sequestro e o assalto, a Globo não quis se manifestar por meio de sua assessoria de imprensa, após ser questionada por jornalistas sobre a segurança dos profissionais na gravação de reportagem.

Assaltos frequentes

Uma situação parecida aconteceu no último dia 9 de setembro. De acordo com o site TV Foco, outro grupo de jornalistas foi assaltado no Rio de Janeiro. A situação traumática aconteceu em meio a pânico e trauma para os trabalhadores que estavam no local.

O jornalista Leo Dias relatou o que aconteceu, em seu site. De acordo com o colunista de famosos, o que surpreendeu os presentes foi a frieza dos marginais, que esperaram os jornalistas terminarem seu trabalho para conseguir uma oportunidade. Armados com fuzis, eles levaram tudo que a equipe de reportagem tinha.

 

Homem que vazou vídeo de Waack entra na Globo e tira foto na bancada

O homem responsável pelo vazamento do vídeo do âncora William Waack falando “isso é coisa de nego” é um ex-funcionário da rede carioca, mas de alguma forma conseguiu ter acesso à área dos telejornais da rede de televisão e foi fotografado sentando na cadeira que pertencia a William Waack.

Diego Rocha causou grande burburinho nos bastidores do canal e os funcionários do alto escalão querem saber se a entrada dele foi facilitada por alguém, por isso as imagens das câmeras de segurança já estão sendo analizadas. A emissora ainda quer saber quem fotografou o rapaz naquele momento.

O vazamento do vídeo em que Waack aparece fazendo comentários racistas aconteceu um ano após ele ter dito aquilo. O âncora do Jornal da Globo foi afastado imediatamente pela Globo, que já estuda alguém para ficar em seu lugar definitivamente. Ele ainda perdeu programas que tinha na Globo News e na rádio CBN. Waack estaria se isolando de todos em um sítio, sem responder a ligações, mensagens ou e-mails.

Não se sabe até quando a Globo vai manter o âncora na geladeira.

Leia Também

Tadeu Goulart de Almeida Costa

Se você se interessa por cultura POP, música, entretenimento e o melhor do mundo dos famosos: televisão, cinema, jornalismo e diversão juntos em um só lugar.

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.