SaúdeVARIEDADES

6 sintomas de câncer que costumam passar despercebidos

Pequenos sintomas podem indicar o desenvolvimento da doença, conheça alguns deles.

Uma das doenças mais temidas da atualidade, o câncer tem grandes chances de ser curado; desde que a doença seja descoberta em estágio inicial.

Alguns sintomas que indicam o desenvolvimento da doença costumam ser ignorados pela maioria das pessoas, enquanto deveriam ser encarados como um sinal está errado com seu corpo. Veja alguns deles:

 

Tosse e rouquidão são sintomas comuns em gripes e resfriados e problemas respiratórios sem grandes gravidade. Porém, caso estes sintomas persistam por um tempo muito longo, procure ajuda médica. Podem estar representando um sinal de câncer na garganta, laringe ou pulmão. Cansaço e fadiga crônica são dois sintomas podem representar uma deficiência de ferro no sangue. Caso a sensação de cansaço e desânimo seja extremo, pode representar um sintoma de câncer no sangue, popularmente conhecido como leucemia.

 

Sangramentos vaginais fora do período de menstruação não devem ser ignorados e o médico deverá ser consultado imediatamente. Caso seja frequente, pode ser um indicador de câncer no colo do útero. O aparecimento de caroços, principalmente em regiões estratégicas do corpo – como os seios, testículos, gânglios linfáticos – pode ser apenas um cisto ou um sinal do amadurecimento de um câncer.

 

Dores na região pélvica é um sintoma comum de várias doenças, mas também pode ser um indicador de algum câncer se desenvolvendo no aparelho reprodutor feminino. Manchas na pele são extremamente comuns e na maioria das vezes não representa um risco à saúde. Porém, o surgimento de manchas que mudam de cor o tamanho e não reagem a tratamentos estéticos exige atenção de um especialista.

 

Caso apresente alguns dos sintomas citados acima, procure ajuda médica.

 

Câncer de próstata: mentiras e verdades sobre a doença que mata homens de todas as idades

O Novembro Azul chegou ao fim, mas os cuidados com a saúde devem continuar e os homens precisam ficar atentos porque muita coisa que se diz por aí sobre o câncer próstata, não é verdade. É preciso conhecer bem a doença para se cuidar da melhor forma.

Veja o que é verdade e mentira sobre o câncer de próstata:

Dizem que esta é uma doença de homem mais velho, mas isto é mentira. Antigamente as pessoas achavam que somente por volta dos 70 ou 75 anos é que poderia ter o problema, mas é muito comum ser diagnosticado em homens com 40 anos, então é bom ficar atento. Se te falaram que o risco de você ter câncer de próstata é maior no caso de alguém da sua família já ter passado por isso, acredite, pois é verdade. E quanto maior for o grau de parentesco, maiores são as chances.

Muitos acham que a atividade sexual pode aumentar o risco do surgimento desta doença, mas isto é só um mito. Inclusive, um estudo recente mostra justamente o contrário, que quanto mais o homem ejacular, menor é a chance dele ter a doença. Outra curiosidade é que os homens negros apresentam um risco muito maior de desenvolver o câncer de próstata. Estatísticas médicas já comprovaram que a doença é maior em negros.

O exame de toque retal é fundamental para a prevenção e deve começara a partir dos 40 anos, mesmo para quem faz o exame PSA. O ideal é fazer os dois, o toque retal e o exame PSA, para ter mais tranquilidade, sabendo que tudo está bem.

Lembre-se que aumento da próstata não significa que é câncer e invista em atividade física regularmente, pois esta é uma ótima forma de prevenção.

 

Leia Também

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.