CuriosidadesVARIEDADES

Saiba como viajar para o exterior sem gastar com hospedagem

Site especializado ajuda viajantes com orçamento limitado a conseguir hospedagem sem custo no exterior.

Viajar para o exterior nem sempre é sinônimo de gastar uma fortuna. Executar uma função de conectar viajantes em busca de hospedagem com locais que oferecem acomodação sem cobrar pagamento em dinheiro é o caso do site britânico TrustedHouseSitters. Criado em 2011, a ferramenta conecta viajantes com donos de animais de estimação, o que oferecem hospedagem para pessoas que aceitem cuidar dos bichinhos. Uma ótima opção para quem quer economizar e adora animais

Como funciona

Após o dono dos animais se cadastrar no site e fornecer informações sobre o tipo de animal e qual o tipo de tratamento está precisando, as informações de candidatos a hóspedes são avaliadas, deus que mais se aproximarem do perfil solicitado receber um contato.

O serviço está disponível em 140 países, que possui alguns membros no Brasil. Vários tipos de animais buscam baby sitters no site, entre eles cães, gatos, cavalos, peixes e aves.

 

A única notícia não tão agradável é que não se trata de um serviço gratuito. Tanto os Viajantes quantos proprietários precisão pagar uma taxa anual de adesão no valor de U$199. Mesmo com a taxa, os usuários que viajam com muita frequência fariam uma economia considerável.

 

Férias: veja dicas para entreter as crianças hiperativas neste período


Férias escolares e verão em alta fazem a alegria das crianças nessa época do ano, porém isso se torna motivo de preocupação dos pais nesse período que se desdobram para entreter os seus filhos e se ele for hiperativo é ainda mais complicado. Para auxiliar as famílias diante dessa situação a psicóloga Lia de Paula Moraes sugere algumas dicas para ajudar os papais e mamães aflitos.

 

A psicóloga é autora do livro infantil “João Agitadão” e sabe muito bem os desafios de lidar com essas crianças, pois possui ampla experiência com pacientes com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), além de possuir uma fonte de inspiração para tratar do caso: o seu filho.
Lia revela que para entreter os pequenos os pais precisam ser criativos e tentem envolver os filhos em atividades simples, como por exemplo, jogos de memória. “Há inúmeras outras coisas, como brincar de adivinho com imitação de animais, teatrinho, professor e aluno, estátua ou ainda fazer colagem com recortes de revistas. Enfim, inventar com coisas simples”, ressalta a profissional.

 

Lia ainda comenta que, ao usar a imaginação com os hiperativos, até uma toalha pode se transformar num brinquedo. Os pais ao brincar com as crianças podem usar um lençol velho e fingir que a peça pode se transformar num carro, num tapete voador, num piquenique, o que vale é abusar da imaginação com eles.

 

Para a psicóloga, o importante é indicar atividades para a criança e da interação surgir a brincadeira. Os pequenos precisam sentir-se envolvidos e sempre falar com eles olho no olho. “Derivado do olho no olho, pode-se fazer concurso de caretas, ou disputar quem ri primeiro perde. Qualquer invenção é bem-vinda. Assim o tempo passa, sem gastar muito dinheiro e sem a interferência dos brinquedos e jogos eletrônicos. E a interação e atenção dos pais será um saldo positivo no relacionamento familiar”, conclui a especialista.

Leia Também

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.