Celulares e AplicativosTECNOLOGIA

WhatsApp vai lançar nova função que deve agradar principalmente quem não aguenta os chatos

Se você não aguenta aquele amigo, ou parente, que vive enchendo o grupo no WhatsApp de 'Bom dia', deverá gostar da nova função do aplicativo.

Quem participa de grupos no WhatsApp sabe o quanto é chato ficar recebendo aquele monte de mensagens desejando ‘Bom dia’, ‘Boa noite’ e são sempre as mesmas pessoas que entopem o smartphone de todos os participantes com aqueles gif animados e imagens coloridas. Claro que a pessoa posta na melhor das intenções, mas a maioria não gosta, principalmente quando é um grupo mais sério, com pessoas do trabalho, ou da escola.


Mesmo quando é um grupo familiar, é preciso ter bom senso e saber dosar as postagens, procurando enviar apenas mensagens que realmente estejam dentro do objetivo de todos. É que nem todo mundo tem tempo de ficar indo todo hora no smartphone, para ver as mensagens postadas no grupo e quando chega lá, é só uma imagem de ‘Boa tarde’.


O WhatsApp está preparando uma ferramenta que promete acabar com isso, mas por enquanto só os usuários que utilizam o aplicativo de teste é que poderão experimentar esta função, que bloqueia o envio de mensagens no grupou para alguns participantes, ou seja, aqueles que insistem em ficar postando estas imagens.


Quando um usuário for colocado em moderação, ele só poderá ler as mensagens compartilhadas no grupo e se quiser enviar algo, terá que pedir permissão ao responsável. Esta ferramenta encontra-se disponível na versão 2.17.430 do WhatsApp e ainda não tem previsão de quando chegará para todos.

 

Criador do WhatsApp, hoje multimilionário, dependia de vale-refeição do governo para viver

Pouca gente sabe quem foi o fundador do WhatsApp: o nome dele é Jan Koum. Quando chegou à Califórnia, vindo da capital da Ucrânia, Kiev, precisou de subsídios do governo americano conhecidos como “food stamps” – uma espécie de vale-refeição – para viver e nunca poderia imaginar que se tornaria engenheiro do Yahoo e mais tarde fundaria o aplicativo de mensagens instantâneas mais usado do mundo.

Outra coisa que ele também não imaginava era que sua criação seria vendida para o Facebook, a rede social mais popular de todos os tempos. Ele que sempre foi apaixonado por tecnologia, aprendeu tudo de programação mesmo antes de se ingressar na universidade. Não satisfeito, abandonou o curso e se dedicou aos projetos próprios.

Jan Koum revelou em uma entrevista à revista Forbes que já fez parte de um grupo de hackers nos anos 90. Ele se divertia com os seus amigos usando “wardialers”, famosa técnica da década que utilizava a linha telefônica para acessar computadores e redes. “A internet era muito insegura nessa época“, diz ele, hoje aos 41 anos, em entrevista à revista Forbes. “Fiz isso mais por curiosidade, como um desafio.”

Koum é hoje diretor executivo do WhatsApp, com uma fortuna aproximada de R$ 31,7 bilhões e ocupa a 28ª posição no ranking de bilionários no setor de tecnologia e se tornou um dos diretores do grupo Facebook após Mark Zuckerberg comprar o WhatsApp há três anos por US$ 20 bilhões (R$ 65 bilhões, em valores corrigidos).

Leia Também

Russel

As últimas notícias sobre famosos, tecnologia, política, mundo, redes sociais, filmes, séries, músicas, cinema, futebol, esporte em geral, automóveis, smartphone, beleza, saúde, dieta, economia, dicas e muito mais! Você ainda confere muitas dicas e fica por dentro do que é notícia no Brasil e no mundo. Continue nos prestigiando com sua visita e deixe seus comentários em nossas matérias, sua opinião é muito importante para nós.

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.