Celulares e AplicativosTECNOLOGIA

Google Play Store proíbe apps que exibem anúncios na tela de bloqueio

É o fim para desenvolvedores que se aproveitavam de celulares com a tela de bloqueio com senhas para ganhar dinheiro com publicidade.

O Google mudou a sua politica e anunciou que vai banir da Play Store os APP’s (aplicativos) que usarem a tela de bloqueio do sistema Android para exibir publicidade. Desta forma, os desenvolvedores de aplicativos estão proibidos de explorar a tela de bloqueio de celulares ou tablets e mostrar banners de propaganda.


Na mudança haverá apenas uma exceção que vai para os aplicativos desenvolvidos especificamente para substituir a interface nativa de bloqueio, como é o caso da Microsoft com o Next Lock Screen.


A nova mudança do Google vai afetar os App’s que gerenciam os arquivos, os assistentes de limpeza de memória, jogos e vários outros programas que recebia verba de publicidade mesmo com o aparelho travado com senha.


O Google não deixa sombra de dúvida sobre a nova regra, basta olhar a página da central de políticas para desenvolvedores de apps Android, que o usuário vai conferir que a empresa não está para brincadeira.


“Os apps não podem apresentar anúncios ou recursos que gerem receita a partir da tela bloqueada de um dispositivo, a menos que o único objetivo do app seja oferecer o serviço de tela de bloqueio”, diz a nova regra, liberando anúncios somente em apps do tipo “lock screen”.

Leia Também

Marli Prado Ulprist

Jornalista, assessora de imprensa e sócia - diretora do 1 News Brasil, formada há mais de 10 anos em comunicação social com habilitação em jornalismo. Amo a minha profissão e escrever é o que mais gosto, é mais que um hobby, é muito amor envolvido em cada matéria. Para entrar em contato comigo mande um e-mail para marli@1news.com.br

ARTIGOS RELACIONADOS

error: Conteúdo Protegido!

AdBlock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios.